Site oferece ranking de escolas e quer ser “mapa da educação”

Uma das maiores preocupações dos pais é na escolha do colégio para seus filhos. Mas como minimizar as chances de erros nesse momento importante? O que levar em conta? Que tipo de referências buscar? Foi justamente para acabar com essa aflição que surgiu o MelhorEscola.Net (www.melhorescola.net). O site disponibiliza diversas informações de cada instituição de ensino, de todo o País, e conta ainda com um grande atrativo: um ranking com avaliações de pais e alunos.

“Muito se fala na qualidade da educação no Brasil, mas, para melhorá-la, temos que analisar as escolas. E nada melhor que ouvir as pessoas que mais estão envolvidas nesse processo, ou seja, os pais e alunos”, justifica Sergio Andrade, um dos fundadores do site.

O MelhorEscola.net permite aos pais terem uma visão mais ampla da escola antes mesmo de visitá-la e tomar a decisão de matricular seu filho. “As avaliações e depoimentos permitem que as famílias conheçam mais sobre as instituições de ensino antes de matricular seus filhos, o que faz com que as escolas queiram estar sempre em evolução.”

Ratings de escolas torna avaliação mais objetiva

Na hora de avaliar a escola, o rating do MelhorEscola.net leva em conta diferentes critérios, como estrutura física, participação da comunidade, se o colégio consegue preparar bem seus alunos para o vestibular (apenas os que oferecem o ensino médio), desenvolvimento emocional e até motivação dos estudantes.

Para as instituições particulares, os pais ainda podem informar os valores de mensalidades vigentes, para que outros interessados confiram se aquela escola está dentro do orçamento disponível para a educação.

Desde que o MelhorEscola.Net iniciou suas atividades, em 2014, a taxa de avaliações e audiência já é 100% maior. “O site também está com melhor usabilidade. Estamos criando uma reputação na avaliação de instituições de ensino e também divulgando rankings de escolas segundo a opinião de pais e alunos, como o ranking de São Paulo”, diz Sergio Andrade. O ranking pode ser conferido neste link.

Os fundadores projetam alcançar 1 milhão de avaliações com depoimentos no site. “Com isso, teremos um grande mapa da educação no Brasil”, finaliza Sergio Andrade.

Sobre o MelhorEscola.Net

Fundado em 2013, o MelhorEscola.Net nasceu com a intenção ser uma rede de pais, responsáveis educacionais e alunos, com sistema de ratings e depoimentos sobre escolas. Desde então, já recebeu mais de 7 mil avaliações e ajudou mais de 1 milhão de pessoas a escolher a melhor opção de ensino.

O site está em constante atualização, com a construção de um banco de dados com avaliações e depoimentos de pais e alunos sobre as escolas. Tudo isso com o objetivo de ser uma ferramenta de auxílio à educação brasileira.

Os fundadores

Sergio Andrade é administrador de empresas, com experiência em consultoria estratégica, finanças corporativas e startups. Decidiu sair do mundo corporativo para investir seu tempo em ideias com impacto positivo no mundo.

Juliano Souza é pai de Gabriel e Lucas. Após vários anos trabalhando em multinacionais, o engenheiro mecânico decidiu focar em negócios que melhorem a educação. Atualmente também é sócio de uma escola de educação infantil com filosofia humanista.

Site: www.melhorescola.net

Assessoria de imprensa:

Carolina Gavino – RZT Comunicação
redacao1@rztcomunicacao.com.br
www.rztcomunicacao.com.br
Fones: (11) 5051-8142

Sem “gordura”, empresas exigem mais de candidatos em entrevistas de emprego

 

Participar de uma entrevista de emprego sempre exigiu preparação, mas, para as oportunidades que surgirem neste ano, os candidatos serão ainda mais cobrados. De acordo com o coach de Maurício Sampaio, o principal motivo está relacionado à crise: as empresas estão redobrando os cuidados para evitar o erro de uma contratação.

“As companhias estão trabalhando sem gordura e, por isso, serão mais seletivas em 2016.

O nível de exigência será maior no que diz respeito às habilidades e competências técnicas e emocionais”, afirma o especialista. “As empresas querem profissionais com capacidade de entender a sua complexidade organizacional e que promovam resultados imediatos.”

Para ter sucesso e atender às expectativas dos contratantes, Sampaio reforça que o primeiro passo é ser honesto consigo.

“Analise se a vaga para a qual estão lhe convocando realmente tem a ver com suas perspectivas profissionais e pessoais. Se você está indo para uma entrevista que não tem nada a ver com você, com o que almeja para seu futuro profissional, e que, principalmente, não atenderá aos seus talentos, está perdendo o seu tempo e o do entrevistador.”

O coach recomenda que o candidato deixe claro, no currículo e na carta de apresentação, suas habilidades, competências e realizações. “Não adianta basta ter várias formações e certificações. Isso é muito bom, mas não resolve.”

Uma dica é fazer uma espécie de inventário profissional e pessoal. “Escreva em um caderno suas competências, qualidades, os resultados que já obteve, o que deseja para os próximos 5 anos. Faça uma espécie de portfólio profissional. Você descobrirá quantas coisa já realizou, o quanto se desenvolveu e descobrirá aonde estão seus pontos fortes”, ensina.

Está desempregado há muito tempo? Veja o que fazer

Para Sampaio, o tempo parado pode ser uma forma de repensar a sua carreira e verificar se ainda quer atuar na área que pretendia em seu currículo anterior. Por isso, é fundamental revisar seu currículo, atualizar dados cadastrais, cursos, capacitações, certificações e outros.

“Verifique o objetivo do seu currículo, se ele está claro para quem vai ler. Ou seja, se você deseja vaga de vendedor interno, está colocando isso no seu currículo? E analise a coerência dos dados. Algumas pessoas informam que desejam atuar em uma determinada área e inserem no currículo cursos e experiências que não têm nada a ver.”

O coach também chama a atenção para a apresentação: “Apresentar currículos amassados, que estão guardados há muito tempo, com o grampo enferrujado, com papel de péssima qualidade e colorido… Nada disso pega bem”.

Atualize-se (de verdade!)

“Não basta apenas imprimir um novo currículo, acreditando que está se atualizando. Atualizar é realizar cursos, participar de palestras, de encontros de networking. Tudo isso pode ser feito sem nenhum custo, pois muitas instituições oferecem gratuitamente, de forma presencial e online.”

Outra dica para realmente se atualizar é participar assertivamente nas redes sociais, principalmente no LinkedIn, voltada para o mundo corporativo. “Participe de grupos de discussões, poste artigos sobre o assunto que gosta e relativo ao mercado desejado, crie um perfil ideal para o que se deseja”, completa.

O networking é outro aspecto importante para quem busca uma nova vaga. A dica de Sampaio é fazer uma lista com amigos da faculdade, do bairro, do clube, conhecidos dos amigos e assim por diante. “Nada disso terá efeito se o candidato não souber exatamente o que pedir. Só pedir um emprego não adianta, é necessário deixar claro o que deseja.”

Por último, o especialista afirma que é preciso pensar exatamente o que se quer para a vida profissional, pois, caso isso não seja feito, há grandes chances de se conseguir um emprego novo e logo ficar desempregado novamente.

“Quando você sabe exatamente aonde quer chegar, de que forma e o que é necessário, tudo isso fica aparente para o contratante. No dia a dia, é visível a diferença entre quem está motivado e sabe que está no caminho certo e quem está apenas cumprindo tarefas do dia a dia.”

Sobre Maurício Sampaio

É coach de carreira, palestrante, escritor e fundador do InstitutoMS de Coaching de Carreira.

Já publicou os livros “Escolha Certa”, “Influência Positiva – Pais & Filhos: construindo um futuro de sucesso” e “Coaching de Carreira”.

www.mauriciosampaio.com.br e www.imscoachingdecarreira.com.br

Assessoria de imprensa:

Almir Rizzatto – RZT Comunicação
almir@rztcomunicacao.com.br
www.rztcomunicacao.com.br
Fones: (11) 5051-8142 | 99628-1733