storytelling

Storytelling: como usar essa arte para atrair o público

Na busca por produzir conteúdos cada vez mais interessantes, o storytelling se tornou uma opção interessante e efetiva para as marcas atraírem o público.

O processo de criação de uma campanha exige um plano bem elaborado e criatividade para envolver as pessoas de alguma forma. O storytelling é uma estratégia que tem trazido bons resultados e, por isso, é muito comum ver esse tipo de publicação em sites e nas redes sociais.

Mas, o que é storytelling?

Storytelling, em inglês, significa narrativa. Então, é uma técnica consiste em fazer artigo ou vídeo baseando-se em alguma história.

E está enganado quem pensa que só podem ser usadas histórias de roteiristas. Para fazer essa ação, a marca pode usar personagens de fatos reais, como um colaborador, familiar, amigo e até mesmo consumidor.

Quanto mais real a narrativa, mais pessoas vão se identificar com a campanha.

No entanto, antes de começar a produzir esse tipo de conteúdo, é preciso fazer a si algumas perguntas para te guiar e ajudar a construir uma ação bem elaborada e assertiva.

Para criar o roteiro da sua narrativa, você pode se basear em questões como:

  • O que contar?
  • Para quem falar?
  • Por que falar?
  • Como contar a história?

Além disso, você também deve seguir o planejamento, assim como já faz em outras estratégias:

  • O que o seu público deseja?

Uma história autêntica e conteúdo original com os quais consiga se identificar.

  • O que as pessoas procuram em suas pesquisas?

Conteúdos interessantes que esclareçam dúvidas e apresente soluções para seus problemas.

  • Qual o é objetivo?

Produzir materiais que, além de informações, compartilhem experiências por meio de histórias que envolvam o público e traga para a marca os resultados esperados.

Ou seja, antes de fazer um storytelling, qualquer que seja o formato, é preciso seguir um roteiro e seguir o passo a passo para que a narrativa não se perca e seja esclarecedora para o seu público.

Milhões de campanhas são postadas na internet todos os dias. Mas, para envolver os internautas de verdade, as marcas devem pensar em ações nas quais eles se identifiquem.

Experimente trabalhar com posts mais sensíveis, como os storytellings, para encantar o seu público também.

Com informações do blog Kissmetrics

reutilizar o conteúdo do blog

5 maneiras para reutilizar o conteúdo do blog

Reutilizar o conteúdo do blog pode ser uma ótima alternativa para os profissionais de comunicação. Com o crescimento do Marketing Digital, as marcas produzem diferentes materiais o tempo todo para ganharem destaque. E, inovar nessa área se torna um desafio cada vez maior.

Em meio a essa pressão por manter as plataformas digitais sempre atualizadas, reaproveitar um conteúdo que teve grande aceitação pelo público pode ser uma ótima sacada.

Descubra 5 dicas para reutilizar o conteúdo do blog:

1- Postar nas redes sociais

Publicar os conteúdos do blog nas redes sociais é uma forma de trazer mais visibilidade para o seu material. Você pode montar um pequeno texto de introdução e colocar o link que levará o usuário direto para a página do artigo.

Isso permite que as pessoas curtam e também compartilhem em seus perfis, ajudando o seu blog a ter um alcance maior.

No LinkedIn existe um recurso apenas para postar artigos. Esse pode ser um segundo canal para publicar o seu material na íntegra. Não deixe de aproveitar todas as oportunidades que as mídias oferecem.

2- E-books

Aqui você pode reunir dois ou até mais outros conteúdos para montar um eBook. Uma dica é usar artigos com um mesmo tema e unir em um só material.

Além de reutilizar mais de uma publicação, você também pode usar esse eBook como isca para landing pages, oferecê-lo no email marketing, entre outras ações.

3- Áudio

O áudio é outro formato de conteúdo que vem crescendo no Marketing Digital. Com a falta de tempo para ler, ouvir os materiais escritos tem ajudado os usuários a consumir mais informações.

Você pode incluir em sua estratégia de comunicação a transformação de alguns de seus artigos em áudios. Desse modo, não perde visitantes por falta de tempo e poderá agregar novos internautas que procuram esse modo de informação.

4- E-mail Marketing

É interessante incluir no e-mail marketing alguns dos materiais publicados no seu blog. Você pode escolher aqueles que completam o tema da mensagem ou a novidade da semana.

Compartilhar conteúdo no e-mail marketing ajuda a aumentar a visibilidade dos seus materiais, pois, assim, você leva até o leitor as informações que ele perdeu ou ainda não teve tempo de conferir na página do seu blog.

5- Vídeos

Temos falado bastante desse assunto aqui no blog, mas vale a pena reforçar. Assim como os áudios, você pode transformar artigos em vídeos. Isso permite deixar o blog mais dinâmico e, ao mesmo tempo, reaproveitar um material já publicado.

Ao mesmo tempo em que é necessário produzir novos conteúdos para atualizar o seu blog, também é possível reaproveitar o que já foi feito de melhor. Use essa dinâmica e permita que seus visitantes consumam as informações da maneira que for melhor para cada um.

Com informações do Hubspot

estratégia de comunicação

4 dicas que não podem faltar em sua estratégia de comunicação

A estratégia de comunicação das empresas deve ser analisada frequentemente. As mídias digitais mudam constantemente e, o que estava em alta por um tempo, pode estar em baixa nos próximos meses.

Essa evolução das mídias obriga os profissionais de comunicação a estarem sempre atentos às tendências do momento e aplicá-las nas estratégias da marca. Se você tem dúvidas sobre as principais ações praticadas atualmente, nós te ajudamos.

Confira 4 dicas para aplicar em sua estratégia de comunicação:

1- Descubra o que é falado a respeito da marca

Para conversar com o seu público, é importante saber a opinião que eles expressam sobre a sua marca nas redes sociais. Por isso, é preciso fazer um monitoramento frequente, por meio de hashtags e citações da sua página em publicações feitas pelos usuários.

Esclarecer dúvidas e aceitar críticas e sugestões é fundamental para a comunicação e um bom relacionamento com o público nas redes sociais.

2- Continue com a produção de vídeos

Os vídeos estão transformando a maneira dos internautas consumirem conteúdo. É um formato atrativo e, muitas vezes, mais fácil para abordar alguns assuntos.

Você pode apostar em diversas produções, de curta duração, cada uma com um tema diferente. Assim, o internauta poderá selecionar aqueles que mais o interessam.

Além dos vídeos gravados, outra opção muito usada é o live – vídeo ao vivo. Uma das vantagens dessa ação é a interação que as pessoas podem fazer, deixando comentários ou perguntas em tempo real.

3- Faça parcerias com influenciadores digitais

A parceria entre empresas e influenciadores digitais é um negócio que vem crescendo dentro das estratégias de comunicação.

Atualmente, existem diversas celebridades da internet que somam milhares de seguidores. E isso faz com que eles se tornem importantes formadores de opinião para os consumidores.

Os influenciadores digitais tendem a fazer parcerias com empresas nas quais eles realmente acreditam. E isso reflete na credibilidade diante de seus seguidores.

Para que essa estratégia dê certo, você não deve procurar aquele que possui o maior número de seguidores da internet, mas o que mais representa a personalidade da sua marca.

4- Presença nos aplicativos de mensagens

O fato de plataformas de mensagens, como WhatsApp e Facebook Messenger, serem muito usadas para a comunicação entre as pessoas chama a atenção das marcas para estas mídias.

Aplicativos de mensagem podem ser outros recursos de contato com os consumidores, até porque muitos deles preferem se comunicar por mensagem a usar o telefone, por exemplo. E esse meio é mais rápido do que emails e formulários.

Relacionamento com o cliente é um dos pilares fundamentais para o desenvolvimento das marcas. Então, quanto mais opções de comunicação, melhor.

Com informações do blog Kissmetricss

Marketing de conteudo

3 maneiras para inovar na produção do Marketing de Conteúdo

Atualmente, grande parte das empresas trabalha com o Marketing de Conteúdo. Seja para promover sua imagem, produtos e serviços, ou para se relacionar com o cliente, se tornou fundamental produzir materiais que interessem aos consumidores e criem oportunidades de negócio.

Mas, assim como as outras estratégias de Marketing Digital, também é preciso inovar nas ações de Marketing de Conteúdo para se destacar entre a concorrência.

Confira 3 dicas para produzir Marketing de Conteúdo:

 1- Conteúdo para a formação da imagem da marca

Cada material publicado é uma parte importante para a formação da imagem da empresa. Por isso, é preciso fazer pesquisas e abordar temas que sejam interessantes tanto para o público, quanto para a estratégia da marca.

Depois de produzi-lo, é hora de decidir em quais canais divulgá-lo. Além do seu site ou blog, é interessante que ele apareça também nas redes sociais. Mas, aqui, vale aquela recomendação de investir esforços somente nas mídias em que o seu público-alvo realmente use.

2- Interatividade com os consumidores

Mais que apenas consumir informações, o público hoje busca poder interagir com as marcas, fazendo perguntas e dando opiniões. Formatos que permitem a participação dos internautas, como os webinars, são ótimos exemplos de conteúdo para criar esse diálogo. Você também pode usar Q&A integrados, enquetes e etc.

3- Reaproveite outros conteúdos

Além de produzir frequentemente novos materiais para a sua empresa, você também pode reaproveitar outros formatos que foram bem aceitos pelo público. Por exemplo, transcrever um vídeo para que o tema seja publicado em forma de artigo, ou abordar uma questão que faça parte de um eBook.

Assim, você publica de outras formas assuntos que trouxeram visibilidade para a sua marca e alcança outras pessoas.

Inovar nas estratégias de Marketing Digital é importante para a imagem da marca. Todos os dias, milhares de empresas tentam chamar a atenção do consumidor e, para serem reconhecidas, é necessário fazer ações que sejam realmente interessantes para o público.

Com informações do Mundo do Marketing

vídeo marketing

5 ideias para produção de vídeo marketing da sua empresa

Já não é mais novidade que o vídeo marketing é uma das formas de conteúdo mais acessadas pelos usuários. E esse é o principal motivo das marcas criarem muitas de suas campanhas nesse formato.

O fato de tantas empresas usarem esse recurso faz com que as equipes de comunicação se preocupem em como produzi-lo e pensem constantemente na inovação de suas campanhas. Se todos estão fazendo a mesma coisa, então é preciso se destacar da concorrência.

Confira 5 dicas para produção de vídeo marketing da sua empresa:

1- Faça vídeos ao vivo

A produção dos vídeos ao vivo cresceu no ano passado e em 2018 promete continuar neste ritmo. O lançamento do Facebook live foi o primeiro impulso para o uso desse formato. E o Live do Instagram chegou para confirmar essa tendência.

Os vídeos ao vivo podem ser feitos em lançamento de produtos ou entrevistas, por exemplo. E esse recurso, tanto do Facebook, quanto do Instagram, permite a interação dos usuários dessas redes sociais, o que deixa o conteúdo mais atrativo.

2- Produza vídeos de curta duração

Ainda que a sua empresa tenha muito conteúdo para compartilhar, não é uma boa estratégia fazer vídeos que durem muito tempo. Isso porque nem sempre o seguidor terá tempo para assistir a tudo. Outro fator que pode dificultar o acesso é a má qualidade da internet que, muitas vezes, não carrega o conteúdo completamente.

Uma dica é dividir os vídeos por assuntos, em gravações rápidas, de até 1 minuto ou 1 minuto e meio. E, separando por temas, a pessoa poderá selecionar aqueles que deseja ver.

3- Transcreva o vídeo

Da mesma forma que fazer vídeo é uma boa ideia para o usuário consumir o conteúdo quando não pode ler, o inverso também é válido.

Então, se a pessoa deseja saber sobre aquela informação, mas não pode ouvir o vídeo por algum motivo, ela poderá ler o que é está sendo abordado. Dessa forma, você mantém a sua audiência.

4- Use SEO nos vídeos

As técnicas de SEO, que já são muito utilizadas em artigos e outros conteúdos escritos, podem ser eficientes para popularizar seus vídeos. Esse recurso é importante no ranqueamento deles e para fazê-los aparecer nos resultados de busca. Mas, para isso, precisam estar otimizados. Você pode utilizar as palavras-chave nos títulos e no texto de descrição, por exemplo.

5- Faça um storytelling

Se for voltado para anúncios, uma estratégia que tem apresentado bons resultados é o “storytelling”. Esse formato consiste em contar histórias das quais o consumidor se identifique e sinta motivação para curtir ou até mesmo compartilhar a campanha.

Com informações do blog Marketing de Conteúdo

martech

Martech: o termo que envolve tecnologia e Marketing Digital

Com as tarefas de marketing e tecnologia cada vez mais envolvidas uma com a outra, um novo termo surgiu para esse meio: o martech. Este já é um conceito bem familiar em outros países, mas, para muitas pessoas, ainda é novidade no Brasil.

Todo profissional que trabalha com marketing e tecnologia está envolvido com o martech. O termo se aplica a todas as atividades que usam ferramentas automatizadas para alcançar seus objetivos de comunicação.

Apesar do termo ser recente por aqui, as ações de martech já são muito utilizadas pelas comunicações das empresas brasileiras. A maioria já foi citada algumas vezes aqui no blog, mas vale recapitular.

Veja algumas das principais atividades do martech:

1- Inteligência Artificial

Inteligência artificial é toda tarefa realizada por um programa ou uma máquina. Elas garantem ações com resultados mais precisos do que se fossem feitas por uma pessoa, como, por exemplo, os chatbots.

2- Segmentação de leads

Existem ferramentas que ajudam equipes de marketing a segmentarem a base de contatos para fazer campanhas digitais mais focadas. Essa atividade automatizada acelera o trabalho dos profissionais, pois eles demorariam muito tempo se não tivessem esse tipo programa.

3- Análise de resultados e tendências de mercado

Também existem softwares que fazem análises e relatórios muito mais precisos. Eles também são capazes de alertar os empreendedores sobre as tendências do mercado de atuação com antecedência para ajudá-los a expandir seus negócios para um novo grupo ou região, por exemplo.

4- Email Marketing

A tendência para o email marketing é enviar mensagens cada vez mais personalizadas e de acordo com a necessidade do contato. O sistema se baseia em experiências passadas do lead, pois ele guarda informações que ajudarão a desenvolver melhores conteúdos, o que pode elevar a taxa de conversão em consumidores.

Com informações do blog Martech Today

 

 

campanha mobile

3 dicas para ter sucesso em sua campanha mobile

Campanha mobile já é uma estratégia de comunicação usada por muitas empresas. Pelo fato de grande parte dos acessos à internet serem por dispositivos móveis, as ações para esse meio ganharam mais investimentos para não perderem o alcance dos usuários.

Se a sua marca ainda não aposta neste tipo de campanha, já está na hora de incluí-la nas suas estratégias. E, para quem ainda tem dúvidas sobre como fazê-la, nós ajudamos.

Veja 3 dicas para fazer uma campanha mobile:

1- Não tente atingir a todos os públicos

Ao planejar uma campanha, é preciso ter em mente quais perfis de pessoas você deseja atingir. Esse fator o ajudará a fazer uma ação muito mais assertiva.

Existem diferentes tipos de público e, com certeza, sua empresa não se enquadra em todos eles. Por isso, fazer a segmentação e criar uma campanha personalizada trará melhores resultados.

A dica é não tentar agradar a todos, mas a quem realmente interessa para a sua marca.

2- Escolha a melhor rede social para investir nas campanhas

Você pode criar uma postagem perfeita. Mas, ela não trará resultado se o trabalho for investido em plataformas que seu público não tem o costume de acessar.

Por mais que existam diversos aplicativos de redes sociais, isso não quer dizer que as pessoas acessem a todos. Antes de investir em uma campanha mobile, pesquise quais são as principais mídias que o público que você deseja alcançar usa.

Por isso, faça uma ação bem-feita nas plataformas certas para o seu negócio.

3- Analise os resultados

Fazer análise do desenvolvimento das suas campanhas é fundamental. Nessa parte da estratégia é possível descobrir se a sua ação está saindo como o esperado, ou se é necessário seguir por outro caminho.

Se a empresa não analisa seus resultados, não tem como saber se está investindo seus esforços corretamente. Esse “pós” da campanha mobile é fundamental para ter sucesso.

Essas são dicas simples, mas valiosas para um bom resultado de suas campanhas mobile. Se as ações realizadas trazem o resultado esperado, ótimo. Continue por este caminho. Caso haja algum problema, reveja as estratégias e veja se elas seguem estas orientações.

Com informações do blog Mestre do Adwords