videos tutoriais

Confira 7 dicas de como fazer vídeos tutoriais para o seu negócio

Os vídeos tutoriais estão entre os gêneros mais buscados na internet. Antes da tecnologia, as pessoas encontravam informações somente em livros ou cursos, o que dificultava o acesso para diversos indivíduos. Com a popularização dos smartphones, ficou muito mais fácil ir atrás de conteúdo informativo, sobretudo em formato de vídeo, que é mais acessível, rápido e prático.

Segundo pesquisas, o Youtube é o 2º maior buscador da internet, com 3 bilhões de buscas por mês (veja mais aqui). As pessoas usam a plataforma de vídeos para sanar dúvidas, encontrar dicas e descobrir conteúdo. Cada vez mais o site é usado para aprender coisas novas, por meio de vídeos tutoriais, inclusive.

Devido à dinâmica que um vídeo proporciona, é muito mais simples ao usuário pesquisar como se faz algo por meio do YouTube. Esse gênero pode ser muito vantajoso para sua empresa, já que o público, ao ver o passo a passo de como usar um produto, por exemplo, se sente estimulado em adquiri-lo, gerando um aumento nas suas vendas.

Confira a seguir 7 dicas de como produzir vídeos tutoriais para que promover ainda mais sucesso ao seu negócio.

Veja 7 dicas de como fazer vídeos tutoriais

1) Defina o propósito do vídeo: antes de elaborar um tutorial, veja com seu público quais produtos ou serviços da sua empresa ele deseja saber mais informações detalhadas sobre o uso. Você pode perguntar isso nos stories de suas redes sociais e ver o que as pessoas respondem. A partir disso, desenvolva o roteiro do vídeo, busque por materiais e elementos necessários ao cenário, entre outros.

2) Esclareça as dúvidas de todos: muitos que vão assistir ao seu tutorial ainda não compraram ou desconhecem o jeito de usar seu produto ou serviço. Por isso, é importante que, ao elaborar o vídeo, você faça de uma maneira bem didática, para que todos possam compreender. Explique o que precisa ser feito antes, quais itens são necessários, explore cada detalhe que possa ser necessário.

3) Confira a parte técnica: antes de iniciar a produção do vídeo, verifique a parte técnica: quais câmeras serão necessárias, os ângulos que precisam ser iluminados, entre outros. O conteúdo deve ficar o mais profissional possível, para despertar a confiança e atenção do seu público.

4) Faça um ensaio antes: é importante ensaiar antes de começar a gravar seu vídeo tutorial. Isso vai te dar mais confiança para produzir o conteúdo e conferir, ainda, se tudo está correto. Caso possa, grave seus ensaios, para ver o que pode ser aprimorado e corrigido.

5) Estude bastante: ao desenvolver um vídeo tutorial, está subentendido que você entende bem do tema. Seu público poderá fazer perguntas, querendo saber mais sobre o produto ou serviço. Por isso, estude bem, para estar preparado.

6) Use sua criatividade: procure deixar seu vídeo bem atrativo, para que as pessoas tenham curiosidade em acompanhar. Faça algo que desperte o seu público-alvo.

7) Busque por tecnologias adequadas:
para que o vídeo seja profissional, é importante que você o produza com bons recursos: aplicativos, programas de edição, câmeras, entre outros.

Vídeos tutoriais: conclusão

Agora que você aprendeu a formular vídeos tutoriais de qualidade, coloque em prática os ensinamentos e consiga ainda mais clientes para o seu negócio.

*Fontes: Hotmart; SambaTech

*Imagem: divulgação

SAC pelo WhatsApp

SAC pelo WhatsApp: confira 5 dicas para fazer um bom atendimento na plataforma

Realizar SAC pelo WhatsApp se tornou essencial para as estratégias de marketing de qualquer empresa. A plataforma é uma das mais utilizadas por brasileiros para enviar mensagens. De acordo com o Facebook, empresa que detém o domínio do aplicativo, há mais de 1,5 bilhão de usuários únicos e ativos do WhatsApp atualmente (veja mais aqui).

Esses dados mostram que o atendimento ao cliente pela plataforma pode ser muito vantajoso para as empresas. A importância de usar o aplicativo aumentou ainda mais, depois que o Facebook anunciou que fará uma integração com todas as suas redes sociais.

Veja a seguir 5 dicas de como fazer esse serviço com o uso do WhatsApp.


Confira 5 dicas de como realizar SAC pelo WhatsApp

1) Tenha uma linha profissional: para garantir o profissionalismo, obtenha um número empresarial. Defina, ainda, horários de atendimento ao cliente. Você pode fazer isso colocando as informações no seu status.

2) Responda rapidamente: sempre que alguém mandar uma mensagem pelo aplicativo, procure respondê-la o mais rápido possível. Isso demonstra preocupação e atenção com o público, além de garantir que o contato não seja perdido.

Caso não seja possível responder de forma rápida, deixe o seu status como indisponível. Outra forma é enviar uma mensagem automática ao cliente, informando que há uma demanda alta de contatos e que pode ocorrer demora no atendimento.

3) Use uma linguagem menos formal: as pessoas que buscam contato por meio desse aplicativo não esperam que a linguagem seja extremamente rebuscada. Você pode usar emojis e expressões mais cotidianas. No entanto, procure estar sempre dentro das normas da língua portuguesa, sem abreviações que poucos entendem ou emoticons em quantidade exagerada.

Explore bastante os recursos visuais. Envie imagens e vídeos, para que haja um maior entendimento e interação do seu público.

4) Controle os atendimentos:
utilize um sistema de gestão, uma planilha ou aplicativo, para organizar os contatos. Separe os clientes de acordo com o atendimento realizado, como o conteúdo da conversa, se ficaram satisfeitos, entre outros. Isso pode ser usado para criar novas estratégias de fidelização e relacionamento.

5) Invista em sistemas que gerenciam o aplicativo: para garantir que os clientes sejam atendidos de forma ágil, é interessante investir em tecnologias que ajudem na gestão, desde aparelhos de celular com uma boa qualidade, a sistemas de gestão de redes sociais.

Agora que você aprendeu como realizar um SAC pelo WhatsApp de forma profissional, coloque em prática as dicas e conquiste cada vez mais clientes.

*Fontes: mLabs; Pense Avanti

*Imagem: divulgação

 

 

 

 

 

 

marketing digital

Você investe ou torra dinheiro com Marketing Digital?

Foram incontáveis as vezes que pessoas entraram em contato comigo lamentando os pífios resultados com Marketing Digital. O perfil varia muito, indo de empreendedores autônomos até profissionais de empresas de grande porte. Mas, as reclamações são as mesmas: “Não consigo gerar leads”, “não vendo pela Internet” e “os anúncios nas redes sociais não estão dando retorno”. E, durante a conversa, eu entro no site e redes sociais dessas marcas e tudo fica muito claro.

O que acontece é que hoje, nesta era digital, na qual todos são usuários de redes sociais, todos se acham “especialistas”. As pessoas tendem a achar que podem, por conta própria, assumir o Marketing Digital de seus negócios ou das empresas nas quais atuam só porque “mexem no Facebook”.

É preciso conhecer como funciona o Marketing Digital

Usualmente, deparo-me com profissionais muito bons em suas áreas, conhecedores do negócio, do que oferecem. Especialistas mesmo, de alto nível. Entretanto, esse conhecimento técnico do setor não é suficiente para o Marketing. Muitas vezes, nem o próprio departamento de comunicação está realmente preparado para as funções, dada a complexidade e as mudanças constantes do Digital.

Em março, realizei um treinamento in company e vi um cenário que resume bem toda essa falta de profissionalização. A empresa tinha jornalistas produzindo muito conteúdo, mas sem técnicas de SEO. Dizia que precisava gerar leads, mas não oferecia nenhum tipo de material educativo para isso. E também reclamava do baixo engajamento nas redes sociais, mas não respondia um comentário sequer. Assustador, mas uma realidade em diversos negócios.

O Marketing Digital não faz milagres. Um trabalho intuitivo (amador), não vai gerar resultados. Se você está fazendo anúncios nas redes sociais sem o devido conhecimento ou orientação, só vai torrar dinheiro. E se está fazendo Marketing Digital (afinal, todo mundo faz!) sem nenhum tipo de estratégia e inteligência por trás, também só verá seu dinheiro ir pelo ralo.

Avalie se não é o caso de contar com ajuda profissional. E, enfim, começar a investir em Marketing Digital.

Almir Rizzatto é jornalista e pós-graduado em Comunicação Empresarial, Relações Públicas e Marketing. É fundador da agência RZT Comunicação, palestrante, instrutor, consultor e especialista em Marketing Digital. Através da RZT, oferece soluções para profissionais liberais e empresas de todos os portes, além de cursos como os de Marketing Digital e SEO.

Contatos:

Site: http://www.rztcomunicacao.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/RZTComunicacao
Youtube: https://www.youtube.com/RZTComunicacao
E-mail: almir@rztcomunicacao.com.br
Telefones: (11) 5051-8142 e 99628-1733

*Imagem: divulgação

eventos no facebook

Veja 5 dicas para divulgar eventos no Facebook com sucesso

Atualmente, os eventos no Facebook são uma forma bem estratégica de marketing. A mídia social criada por Mark Zuckerberg é uma das mais acessadas no Brasil. Em 2018, o Facebook atingiu a marca de 127 milhões de usuário mensais (veja mais aqui). Aplicando as técnicas corretas, promover um evento na plataforma pode atrair um número significativo de pessoas qualificadas para a atividade que sua empresa está divulgando nas redes sociais.

Mas, antes de criar um evento no Facebook, é preciso saber quais estratégias usar, para que a página chame a atenção das pessoas certas e gere engajamento.

Veja a seguir 5 maneiras de divulgar seu evento nessa rede social para que a atividade tenha visibilidade e presença.

Confira 5 dicas de como promover eventos no Facebook

1) Faça otimização: para garantir uma boa visibilidade, é necessário colocar as palavras-chave certas na descrição do evento. Considere quais termos o seu público-alvo pode pesquisar na barra de pesquisa e insira no texto. Além disso, escolha uma categoria relevante ao criar a página e marque, caso se aplique, a opção “adequado para crianças”, para ampliar a audiência.

2) Publique atualizações com frequência: faça postagens regulares no evento, para estimular a curiosidade e o engajamento entre os interessados. Diga como está a preparação do acontecimento, forneça prévias de quem vai participar ou dos assuntos que serão abordados, entre outros.

Divulgue, ainda, as atualizações na página principal da empresa. Dessa forma, aumentará a chance da participação de mais pessoas.

3) Use hashtags: é interessante divulgar o acontecimento em outras redes sociais, como o Instagram e o Twitter. Nessas plataformas, o uso dessa estratégia é essencial. Crie hashtags oficiais do evento, com o que será lançado ou o local onde ocorrerá, por exemplo.

4) Convide amigos: muitas pessoas começam a prestar atenção em algo quando colegas estão comentando ou participando. Por isso, é importante enviar convites do evento para diversas pessoas da sua rede de contatos, para que o acontecimento tenha mais visibilidade na rede social.

5) Promova o evento:
faça do acontecimento um anúncio, para que mais pessoas tenham oportunidade de conhecer. Dessa forma, é possível, ainda, segmentar o público desejado para que fique sabendo do evento.

Agora que você aprendeu como divulgar eventos no Facebook, coloque em prática as dicas e aumente a visibilidade do acontecimento na rede social. Assim, você terá mais probabilidade de fechar negócios e ampliar o número de clientes.

*Fontes: Agora Pulse; Sympla

*Imagem: divulgação