Organização de ideias

Articular bem as ideias faz a diferença na comunicação

Diante de um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, ter uma boa oratória é considerado um fator determinante para uma contratação ou promoção de cargo. Quem sabe se expressar bem e articular as ideias de modo lógico, coeso e coerente sai à frente de seus concorrentes.

A oratória consiste numa série de regras e técnicas de discurso, de modo que o orador possa informar, entreter, emocionar, em suma, envolver o seu interlocutor. Como início de uma comunicação eficaz, cinco perguntas básicas devem ser feitas antes de formular o texto de seu discurso: quem diz, o que, para quem, onde e por quê.

Com origens na Grécia Antiga, a oratória era ensinada para os que desejavam falar publicamente no tribunal ou na política por meio dos ensinamentos dos sofistas e, mais tarde, por Aristóteles, Platão e Sócrates.

Os bons oradores são aqueles que, além de saber se expressar bem, conseguem mexer com as emoções de seu público. Nomes como Bill Clinton, Martin Luther King, Abraham Lincoln, John Kennedy, só obtiveram sucesso em suas carreiras como políticos graças ao recurso da oratória.

O conhecimento de técnicas de oratória é extremamente importante para se destacar e, assim, alcançar o sucesso desejado.

(Com informações do Portal Exame de Ordem)

0 comentários

Faça seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *