Apresentação em público

Como ter o domínio da oratória

A oratória é um conjunto de técnicas adequadas para apresentar um discurso sem colocar em risco as qualidades pessoais do orador. Um bom comunicador sabe que a oratória significa que falar é tão importante quanto ouvir. Por esse ponto de vista, está claro que ser um bom orador não significa apenas convencer o ouvinte, mas também escutar o que ele tem a dizer.

No passado, a oratória significava “a arte de convencer o ouvinte”. Atualmente, porém, essa expressão não condiz mais com a realidade. O orador não deve tentar convencer forçosamente a audiência. O que ele precisa fazer para se dar bem nas apresentações, é oferecer informações importantes, por meio de dados razoáveis, que instruem o público a pensar sobre o assunto abordado.

Outro fator importante é saber ouvir. Mostrar seus pontos e razões, mas também dar a chance para o público discordar deles e manifestar suas opiniões. Já que a oratória é uma forma de se comunicar e a comunicação envolve a troca de informações, nada mais razoável do que informar e buscar receber da audiência outros conhecimentos e referências sobre o tema.

Profissionais de qualquer área devem ter o domínio da oratória. Não somente para apresentações, palestras, aulas ou seminários. Mas também para conceder entrevistas nos meios de comunicação, como televisão, rádio, jornais, revistas e internet. O profissional que se nega a falar em público passa a impressão de que é inseguro acerca de seu conhecimento sobre área em que atua.

Se você se identificou com uma ou mais situações citadas acima, faça um curso de oratória e prepare-se para ser um bom orador em qualquer caso.

(Com informações do blog Profissões e Mercado de Trabalho)

0 comentários

Faça seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *