Posts

Business executives discussing with their colleagues on whiteboard during meeting at office

10 segredos de sucesso dos grandes oradores

Falar em público é uma das estratégias de comunicação ainda não muito bem desenvolvidas por muita gente, mesmo após um Media Training. É normal que haja dificuldade para falar em público e esta técnica só é aprimorada com o tempo, treino e prática.

Por outro lado, algumas pessoas já nascem com o dom de falar em público e, ao longo do tempo, aprimoram suas técnicas e fazem apresentações cada vez melhores. Elas têm 10 segredos que revelamos aqui para que você também consiga desenvolver a sua oratória. Confira:

1- Fale sobre o que entende

Quando for convidado para uma palestra, aula, curso, workshop ou qualquer evento deste tipo, avalie se o tema é de seu domínio. Não é necessário ser expert no assunto, mas precisa ter conhecimento para passar a mensagem para o público.

2- Desenvolva autoconfiança

Este é um dos principais segredos dos bons oradores. Quando você acredita em seu conhecimento e em sua capacidade em dominar o tema, certamente conseguirá transmitir a mensagem e ganhar o respeito do público.

3- Treine sua apresentação

Antes do grande dia, treine sua apresentação. Pode ser sozinho, mas, se mostrar para a família e amigos, será mais fácil fazer uma avaliação e corrigir os pontos que forem necessários.

4- Assista suas apresentações

Se possível, grave o treino de sua apresentação ou uma palestra anterior para que você mesmo encontre os defeitos que devem ser corrigidos.

5- Aprenda a usar sua voz

Sabendo usar, a voz se torna uma aliada de nossas apresentações. Existem técnicas vocais para aprimorá-la. Trabalhe sua entonação, articulação, respiração e ritmo de fala para conquistar o público. Procure ajuda de um profissional, caso seja necessário.

6- Cuide de sua imagem pessoal

Um fator para a autoconfiança é gostar da própria aparência. Quando estamos bem conosco, refletimos isso para os outros e ganhamos mais respeito e admiração. E isso é um elemento importante para fazer uma boa apresentação. Invista em boas roupas, cabelos arrumados, boas maquiagens, barbas bem-feitas.­­­ Coloque seu discurso na ordem: introdução, desenvolvimento e conclusão. Dessa forma, não haverá erro.

7- Organize suas ideias

Escreva em tópicos todos os assuntos que serão abordados em sua apresentação. Coloque seu discurso na ordem: introdução, desenvolvimento e conclusão. Dessa forma não haverá erro.

8- Busque uma inspiração

Na história existiram grandes oradores que moveram multidões com boas e más intenções. Mahatma Gandhi, Hitler, Martin Luther King, Nelson Mandela, Steve Jobs, Barack Obama, Getúlio Vargas, Silvio Santos. Tente se identificar com alguma personalidade e use suas características como exemplo para as suas apresentações.

9- Tenha autoconhecimento

Conhecer sua própria personalidade é um grande poder. O seu tipo comportamental do dia a dia não pode mudar diante da plateia. Você deve levar suas características para o palco e fazer delas parte de sua estratégia de oratória. Se for uma pessoa mais divertida, assim será a sua apresentação, da mesma forma que será séria e objetiva se este for o seu perfil.

10- Conheça o seu público

Outro segredo de ouro dos grandes oradores. Quando for convidado para uma palestra, avalie o local, a quantidade de pessoas, idade, gênero, nível de escolaridade, cultura. Busque o maior número de características possível para adaptar sua linguagem e se aproximar das pessoas.

Com informações do blog Studio 3 Comunicação

blog-28-09

Confira 5 dicas para se portar bem em uma apresentação

O sucesso da oratória está vinculado ao modo como nosso corpo se expressa. Portanto, não basta usar belas palavras e saber relacionar as ideias se a comunicação não verbal não condiz com aquilo que se é dito.

Gestos e movimentos errados podem distrair as pessoas da mensagem que você está passando. É preciso estar atento não só às palavras, mas também à expressão corporal. Aqui temos 5 dicas para fazer bonito em uma apresentação:

1- Postura

A postura deve manter-se segura e firme. Isto é a base para um bom discurso. Mantenha sempre cabeça e coluna eretas e caminhe com determinação.

2- Movimentação

Busque um equilíbrio entre andar e ficar parado. Não se pode fazer uma apresentação inteira no mesmo lugar, mas caminhar demais transmite nervosismo. Evite gestos repetidos o tempo todo e movimente-se com naturalidade.

3- Pernas

Em apresentações longas podemos ficar cansados por ficar muito tempo em pé, por isso, é importante encontrar uma posição cômoda, mas sem aparentar desleixo. Não apoie todo seu peso em apenas uma perna e deixe-as afastadas para dar equilíbrio para o corpo.

4- Braços e mãos

O modo como movimenta e posiciona braços e mãos demonstra atitudes diferentes diante das pessoas. Por exemplo, braços cruzados demonstram insegurança, enquanto movimentos duros podem aparentar agressividade.

Também não é aconselhável manter mãos nos bolsos ou atrás das costas e cotovelos grudados no corpo. Deixe os braços soltos.

5 – Olhos

É fundamental estabelecer uma conexão com o público e o olhar é uma forma muito eficaz. Por isso, volte-se de modo individual para a plateia e não fuja se alguém fizer contato visual, mas evite olhar de cima para baixo, pois aparenta que está julgando a pessoa. Se alguém falar com você (no caso de uma pergunta), olhe e preste atenção.

Muitas vezes, precisamos de anotações para orientar nossas apresentações. Se precisar checá-las durante sua fala, seja discreto e evite ler por muito tempo.

Com informações do site Widoox

apresentação

Como lidar com uma apresentação ruim

A dificuldade de falar em público para a maioria das pessoas deve-se, principalmente, pelo medo de errar. Estar diante da plateia nos deixa vulneráveis, nervosos e qualquer equívoco podem nos desestabilizar e acabar de vez com a nossa apresentação.

É importante saber que qualquer um está sujeito a fazer uma má apresentação. Mesmo depois de muito treino e ter decorado todo o conteúdo, o discurso pode não sair como planejávamos. Isto é normal.

Caso aconteça alguma vez com você, listamos aqui 6 técnicas para saber lidar com a situação:­

1- Reconheça o erro

Se não influenciar em sua performance, você pode fingir que nada aconteceu. Erros de pronúncia, troca de palavras e frases confu­­­­sas muitas vezes podem passar despercebidos e não alteram em nada o sentido de seu discurso.

Mas, se seu erro comprometer o entendimento de sua ideia, o público vai notar e não adianta fingir que nada aconteceu. Por isso, reconheça que errou, peça desculpas e explique o que realmente quis dizer.

2- Seja humano

Se precisar, ria. Faça uma pausa. Recupere o fôlego, beba um copo d’água. O público entenderá o seu erro, afinal, todos já podem ter passado por algo parecido. Sabendo lidar de forma humana e voltar ao seu discurso de cabeça em pé conquistará o público.

3- Relaxe

O nervosismo para falar em público é normal. Mas não deixe que isso tome conta de você. Tente relaxar antes da apresentação. Quanto mais tranquilo fizer seu discurso, menos erros cometerá.

4- Recupere sua confiança

Você deve ter treinado bastante antes de se apresentar. Mas, como sempre, as coisas não saem exatamente como esperamos. Não deixe que os imprevistos te desanimem. Lembre-se de todas as vezes que teve sucesso em sua oratória. Quanto mais confiança tiver, mais credibilidade passará para as pessoas.

5- Avalie sua técnica

Procure gravar uma de suas apresentações para ouvi-la depois. Preste atenção para captar os momentos ruins. Veja se a linguagem corporal e o tom de voz estavam apropriados, se você deu ênfase nas palavras e lembrou de destacar os pontos mais importantes. Dê a si um feedback e veja o que ainda pode ser melhorado em sua oratória.

6- Tente novamente

Não deixe que uma experiência ruim impeça você de continuar fazendo outros discursos. Quanto mais vezes você se apresentar, melhor fica. Por isso, quando alguém te convidar para discursar novamente, não deixe que o medo te impeça e encare este novo desafio.

Com informações do site Windoox.

apresentação

4 dicas para montar uma boa apresentação corporativa

Montar uma apresentação parece ser um grande desafio para muitas pessoas, principalmente quando precisa de slides para orientar o discurso, mas que seja objetivo ao mesmo tempo.

Se muito longa e pouco dinâmica, a apresentação fica tediosa e quase ninguém prestará atenção. Para conseguir o interesse do público, você deve atraí-lo por meio de imagens e tópicos.

As dúvidas na hora de montar uma apresentação são diversas e vão desde as cores até o tamanho do conteúdo escrito. Aqui listamos 4 dicas para lhe ajudar nesta missão.

1- Texto

O slide tem duas funções principais: complementar sua fala e orientar seu discurso. Por isso, escreva apenas o essencial, como alguns tópicos que lhe ajudarão a discorrer sobre o assunto. Textos muito longos são cansativos e desnecessários.

2- Cores

Escolha cores simples. Não sobreponha aquelas com pouco contraste, pois pode prejudicar a visão e levar a exaustão após um período. Um fundo amarelo com cores vermelhas, por exemplo, não é a melhor opção, principalmente se estas cores forem usadas em mais de um slide.

3- Tipografia

Escolha um tamanho e tipo de fonte legível para quem assiste à sua apresentação.  Se trabalhar com tópicos, poderá regular a letra na tela, o espaçamento entre as linhas e ainda sobrará espaço para algum outro elemento, como um gráfico ou figura. Uma dica é escolher uma fonte simples para não dificultar a leitura.

4- Efeitos

Não se empolgue. Mesmo que seja de seu agrado, efeitos de transição muito chamativos e com sons poderão dispersar a atenção de quem assiste à sua apresentação. Se quiser algo mais dinâmico, aposte em vídeos, imagens ou algum outro elemento que complemente seu conteúdo e interesse ao público.

Com informações do site CanalTech

Apresentação em público

3 dicas para fixar a atenção do público numa apresentação

Atenção é algo extremamente custoso de se conseguir atualmente, principalmente quando é preciso dividi-la com smartphones. Não existe um estudo preciso sobre quanto tempo contínuo um espectador permanece atento a uma explicação, mas Susan Weinschenk, autora de “Apresentações Brilhantes” (Editora Sextante), acredita que seja em torno de 7 minutos. Após o decorrer deste curto período, o palestrante ou apresentador precisa usar suas habilidades para reconquistar a atenção dos ouvintes.

No livro em questão, Susan fornece algumas recomendações para aqueles que buscam reter a atenção de sua plateia. Veja a seguir como conseguir isso com três pequenos truques usados por experts em apresentação:

1- Faça breves intervalos: se a palestra tiver duração estimada maior que uma hora, programe um intervalo. Cinco minutos pode ser o bastante para arejar os pensamentos do seu interlocutor para que o conteúdo enunciado seja facilmente apreendido por ele.

2- Promova interação: atividades interativas são úteis para ganhar a atenção da plateia. Peça para seu público desenhar, escrever ou proponha pequenas discussões. Outra dica para interagir com sua plateia é fazer perguntas para as pessoas, assim, o discurso é quebrado e não se torna maçante.

3- Conte histórias: pequenas narrativas interessantes e pertinentes ao assunto destacado são formas eficazes de fixar a atenção. Ao falar, modifique sua posição no palco vez ou outra.

No mais, procure sempre alterar a forma como fala ou se porta a cada sete minutos, tempo estimado em que as pessoas costumam “perder” a atenção. Assim, você terá mais chances de obter sucesso em reter a atenção do seu público e atingi-lo com sua mensagem.

(Com informações da Exame.com)

Apresentação em público

4 formas de vencer a apatia da plateia numa apresentação em público

Às vezes, nem mesmo uma apresentação em público bem preparada e um conteúdo afiado é capaz de prender a atenção de uma plateia. A apatia e o aparente enfado do público é explicado pela psicóloga Susan Weinschenk no livro “Apresentações brilhantes” (Editora Sextante). Para ela, há uma razão principal para isso: somos preguiçosos.

O ser humano aprendeu com anos de evolução que, se ficar mais tempo inerte, terá mais chances de sobreviver por muito mais tempo do que se estiver ativo.

Susan mostra no livro como vencer essa barreira imposta por milhões de anos de evolução com dicas para aplicar nas apresentações em público. São 4 simples maneiras de chamar a atenção dos seus interlocutores. Confira:

1. Recompense seu público

Estude o perfil de sua plateia e veja como pode estimulá-la. Os prêmios podem ser brindes, chocolates ou mesmo um elogio. Use o chamado “estímulo variável”: em vez de recompensar o público sempre que ele participar, faça-o aleatoriamente. Essa imprevisibilidade os deixará mais instigados.

2. Dê autonomia

Caso proponha alguma atividade, permita que as pessoas tenham autonomia para se organizarem da forma que quiserem. As pessoas gostam de ser independentes e a sensação de autonomia proporciona mais segurança. Por exemplo, se for fazer um jogo, deixe que organizem seus times sozinhos.

3. Crie competições

As pessoas são naturalmente competitivas, assim, se você criar jogos entre pequenos grupos, elas se sentirão mais estimuladas. Quanto menor for a sua plateia, mais chances desta técnica funcionar, isto porque, segundo a psicóloga, quando temos poucos concorrentes nos sentimos mais motivados.

4. Permita o contato social

Tarefas em grupo costumam ter mais resultados que as individuais porque o ser humano é naturalmente estimulado a travar contato social. Deixe que as pessoas conversem como trabalharão juntas e permita que discutam sobre o conteúdo abordado na palestra.

(Com informações da Exame.com)