Posts

posts de blog

Posts de blog: conheça 9 maneiras de reciclar seu conteúdo em vários formatos

Para conquistar mais audiência, muitas empresas estão investindo em posts de blog, atualizando constantemente seu conteúdo. Entretanto, manter essa frequência de produção pode não atingir a qualidade esperada.

O que fazer nesses casos? Uma maneira de aproveitar seu material e não perder público, é reciclar os textos. Ao elaborar um post, tente usufruir dele o máximo possível, convertendo-o em formatos variados, para atrair a atenção de grupos distintos. Dessa forma, o alcance será maior e há grandes chances de aumentar o número de leads para seu negócio.

Dicas para transformar seus posts de blog em outros formatos

Com conhecimento dos vários tipos de conteúdo e criatividade, é possível usar o mesmo material de um post de blog e aplicá-lo em outros meios. Veja 9 dicas de como fazer esse processo e onde você pode reciclar seus textos:

Crie informativos por e-mail: canais tradicionais em qualquer empresa, os e-mails são uma ótima forma para enviar informativos aos seus clientes mais fiéis. Mande mensagens com o conteúdo do seu post, adequando ao formato, e convide o leitor a ler mais sobre o assunto no seu blog, inserindo o link do texto.

Uma boa dica é criar sempre conteúdo atemporal em seu site, porque mesmo que tenham passado meses da publicação, o assunto ainda é relevante e poderá ser reutilizado, sem a necessidade de elaborar outros textos.

– Use as mídias sociais: compartilhe nas redes sociais trechos do seu post no blog. Você pode até fazer uma arte com uma frase retirada dele. Publique-a junto com o link que direciona para o texto original.

Citações e perguntas que façam referência ao conteúdo também podem ser mais atrativas e compartilháveis para o público que navega nessas plataformas.

Algumas ferramentas podem te auxiliar nesta reciclagem de conteúdo nas redes sociais, entre elas, se destacam: Social Inbox; Buffer; ClickToTweet e o Revive Old Post, do WordPress.

– Utilize outros blogs: você pode estabelecer parcerias com sites que tenham um tráfego maior e divulgar o conteúdo do seu post, após a publicação dele na sua página. É interessante que o autor deste portal inclua uma tag com seu artigo, para que o Google reconheça a postagem do seu endereço eletrônico como a original.

Procure por blogs confiáveis, pois o Google condena material duplicado e websites convidados que buscam por backlinks.

Transforme o conteúdo para o SlideShare: coloque as informações do seu post como apresentações no SlideShare. Esse canal é bem parecido com o PowerPoint e é muito utilizado, podendo alcançar diferentes públicos.

Ao postar o material nele, você pode incorporá-lo até mesmo em seus posts, assim como acontece com vídeos, favorecendo o compartilhamento.

Produza vídeos: é um dos formatos prediletos das pessoas atualmente e dão visibilidade à empresa. Com eles, você pode transformar os posts de entrevistas com especialistas e textos instrutivos, por exemplo, em um vídeo.

Além disso, criar conteúdo audiovisual não é mais tão caro. Com câmeras de celular, como as do iPhone, você consegue elaborar materiais de qualidade, sem precisar gastar muito.

– Converta os posts em e-books: são um tipo de material muito aguardado pelos leads, que querem acessar informações gratuitamente, em que o único custo seja fornecer alguns dados ao site.

Eles são uma forma de aumentar sua lista de contatos e ajudam a conquistar clientes. Reúna os posts que abordam o mesmo assunto, escreva uma introdução, conclusão e junte tudo em um e-book, que você pode criar no PowerPoint.

– Faça arquivos de checklists: se você desenvolve posts com conselhos sobre determinado tema, uma ideia interessante é transformá-los em checklists para seus leitores.

Desenvolva modelos de PDF com estas listas, que possam incentivar o seu público a tomar atitudes. São uma maneira de ampliar sua lista de e-mails também, assim como os e-books.

Elabore podcasts: você pode usar alguns tópicos do seu blog e acrescentar informações adicionais deles em podcasts. Uma das ferramentas que ajudam nesse processo de criação é o Odiongo, que faz a conversão dos seus posts em material de áudio.

– Planeje webinars: um formato que reúne pessoas em um determinado período e que atrai novos clientes. Se você cita diversas pessoas em seus posts de blog, uma sugestão é chamá-las para uma transmissão ao vivo, em que elas possam discorrer sobre aquele mesmo tema, mas de uma forma mais dinâmica.

Você não precisa converter seus posts de blog em todos os formatos citados, dê prioridade aos que mais domina. Agora, é só reutilizar seu conteúdo de forma criativa e conquistar variados públicos.

Com informações da Hubspot

frequência de postagens

Marketing de conteúdo: a importância da frequência de postagens no blog

O tema do texto de hoje é a frequência de postagens no blog. Apesar de algumas pessoas pensarem ao contrário, a página ainda é uma das principais ferramentas na estratégia de marketing de conteúdo. Desta forma, manter a periodicidade de posts é fundamental.

Entre os principais benefícios que o blog pode trazer para o negócio estão: atrair tráfego de qualidade, gerar interesse e mais conversões, ganhar mais destaque nos buscadores, estabelecer um relacionamento mais próximo e saudável com o público, informar e doutrinar a audiência, ser um guia para o potencial consumidor no funil de vendas, entre outros.

No entanto, muitas empresas acabam subestimando o valor do blog e deixam de atualizar o conteúdo. Para conquistar sucesso com esta ferramenta é preciso tempo e dedicação. Os resultados são duradouros, mas é preciso determinação para alcançá-los.

Ao iniciar um blog, você tem que ter em mente que o projeto requer tempo para escolher uma pauta com conteúdo relevante, criar os textos e manter a regularidade na publicação.

Não há nada mais frustrante na internet, do que acessar um blog e não encontrar um conteúdo no dia e horário de costume.

Se você deixar de publicar e o seu leitor não encontrar aquilo que busca mais de duas vezes, dificilmente ele voltará a acessá-lo.

O acúmulo de tarefas e a falta de tempo podem ser barreiras para atualizar o blog, mas estes fatores devem ser levados em consideração ao traçar o planejamento inicial.

Veja 4 motivos para manter a frequência de postagens do blog

1. Relacionamento próximo: ao postar com frequência, você criará identificação com o seu público. Mas, é preciso que a presença esteja atrelada à relevância. Poste conteúdos úteis para sua audiência.

Ao entregar um conteúdo de relevância, você cria no leitor o hábito de acompanhar seu material. E este material precisa ser apresentado com linearidade, para que o público se sinta prestigiado.

2. Visibilidade: ao usar o blog, você utiliza as técnicas de SEO e, assim, atinge naturalmente as melhores posições no ranking de resultados das pesquisas, alcançando mais visibilidade, tráfego e resultados. Mas, para isso, é preciso ser constante com as postagens.

3. Interações: com a força das redes sociais, deixar de apresentar conteúdo pode te tornar invisível. Afinal, estar presente na lembrança do público é preciso, pois dessa forma você gera a interação e o engajamento.

4. Destaque: se você for na contramão das empresas que não acham necessidade de manter uma frequência de postagens, sua marca terá um diferencial em relação aos concorrentes. Você pode se tornar uma referência ou autoridade na área de atuação.

Após ler sobre os motivos para manter a frequência de postagens no seu blog, você deve estar se perguntando: mas, qual a média ideal então?

Não há uma receita definida de quantos posts devem ser feitos por dia/semana. Você precisa avaliar o seu público e entender o negócio. A frequência de postagens deve ser média, nem tanto, nem pouco.

Ofereça conteúdo de forma que não seja nem excessivo, nem ausente. Diversificar a forma e os tamanhos dos textos são boas dicas a serem seguidas.

Com informações do Mestre do Adwords

Imagem: divulgação

blog da empresa

3 dicas para aumentar o número de leitores do blog da empresa

Quando o assunto é o blog da empresa, a primeira pergunta que vem à cabeça é: será que o meu tipo de negócio precisa mesmo de um blog?

Com exceção dos blogueiros independentes, que já entraram no mercado com a intenção de divulgar seu trabalho, as empresas poderiam apenas se contentar com o site institucional. Afinal de contas, manter o blog da empresa requer muito empenho.

Para alcançar o chamado sucesso na rede, a empresa precisa contar com uma boa estrutura, design agradável, navegabilidade amigável e carregamento ultra veloz.

Além, é claro, de um conteúdo atualizado, de qualidade, relevante, que seja constante, tenha uma identidade, e se comunique de forma clara.

Mesmo demandando tanto trabalho, a resposta para a pergunta inicial deste texto é: sim, o blog da empresa é de extrema importância. Pois, é através deste canal que se pode estabelecer um contato e um relacionamento direto com os clientes.

O caminho para conseguir alcançar um número satisfatório de leitores, que vão ler e interagir com os materiais, não é nada fácil, mas é possível.

Lembre-se que é através do blog da empresa que você conseguirá aplicar as técnicas de marketing de conteúdo, para atrair e engajar potenciais interessados na sua marca.

Confira abaixo as 3 dicas que vão fazer o maior sucesso no blog da empresa:

1. O seu conteúdo tem que ser digital

O conteúdo dever ser pensado e feito exclusivamente para o ambiente digital. A forma como as pessoas se comunicam mudou, principalmente com a popularização da internet.

Atualmente, o público quer rapidez, praticidade e facilidade, mas não abre mão da qualidade e da relevância do conteúdo. Foque no canal de comunicação e nas preferências do seu público. Deixe sua veia literária para outras ocasiões.

O objetivo do blog da empresa tem que ser comunicar, informar, interagir e acima de tudo, engajar.

O texto precisa ser fluido. Por isso, as frases têm que ser curtas e os parágrafos não devem ter mais do que 3 ou 4 palavras. Sempre busque simplificar o texto e não use expressões rebuscadas.

2. Utilize os métodos PAS e AIDA no seu blog da empresa

Estratégias de conteúdo para chamar atenção do público, os métodos PAS e AIDA são ferramentas para aumentar o número de leitores do blog.

O método PAS consiste em chamar a atenção para o problema, explicar, identificar o porquê tratá-lo e apresentar uma solução.

Já no AIDA você apresenta dados, fotos e gráficos relevantes já logo no início do texto, para depois engajar e despertar a vontade do leitor para descobrir mais.

3. Não se preocupe tanto com as palavras-chaves

Aqui não se trata de deixar as palavras-chave de escanteio. Pelo contrário. A ideia é mostrar que o conteúdo pode ser avaliado de várias formas e sob outros olhares, para abrir novas possibilidades.

Busque entender o seu potencial cliente, como ele pensa e o que ele deseja. Assim, o seu conteúdo poderá ser direcionado especificamente para o seu público ideal.

Com informações de Mestre do Adwords

Imagem: divulgação

resultados do blog

4 indicadores para você medir os resultados do blog

Assim como nas redes sociais, para medir os resultados do blog é preciso acompanhar algumas métricas que indicam o desenvolvimento deste trabalho do Marketing Digital.

Muitas empresas mantém um blog apenas para compartilhar alguns conteúdos. Entretanto, quando usado estrategicamente, pode ser uma excelente ferramenta para otimizar a divulgação do negócio e alcançar os resultados desejados.

Para isso, é preciso fazer um acompanhamento e analisar o desempenho e repercussão entre os visitantes. Não existem indicadores tão precisos como os das redes sociais, mas algumas perguntas podem te ajudar a enxergar os resultados.

Veja 4 questões que podem ser usadas como métricas para medir os resultados do blog:

1- O blog ajuda no desenvolvimento do meu negócio?

A finalidade do conteúdo publicado no blog é atrair, não apenas acessos, mas também leads para o seu negócio. Por isso, é importante saber quantas conversões foram feitas a partir deste canal.

Você pode usar ferramentas como chat online, pesquisas e até mesmo landing pages para capturar novos leads. Assim, você vai ter uma noção de quantas pessoas acessam o seu blog e quais os artigos mais buscados.

 2- O conteúdo agrada o público-alvo?

Um conteúdo relevante e interessante para o público é fundamental para o sucesso do blog. O desafio é saber se a estratégia da empresa está no caminho certo.

Um indicador que ajuda neste sentido é descobrir se o seu blog traz de volta os visitantes que já acessaram o seu site anteriormente. Se o número de retorno é alto, isso é um bom sinal.

Caso você perceba que não há um bom número de retorno, você pode repensar nas estratégias do seu conteúdo e tentar uma nova abordagem.

3- O blog está otimizado?

Assim como seu site, o blog deve funcionar de maneira responsiva. Ou seja, ele deve se adaptar para telas de diferentes dispositivos.

Você pode acompanhar estas visitas pelo número de acessos mobile e visitas orgânicas feitas por dispositivos móveis. Caso estes números estejam baixos, quer dizer que os visitantes têm dificuldades para acessar o seu site de celulares ou tablets.

Outro ponto a ser analisado é a velocidade de carregamento do seu blog. Se ele estiver muito lento, pode ter uma má classificação do Google e não ser bem posicionado nos resultados de busca.

4- As pessoas encontram o meu blog?

Um dos maiores segredos dos acessos orgânicos é o uso das palavras-chave. Quanto mais palavras relacionadas ao seu negócio forem usadas nos seus textos, maior a chance do seu blog aparecer em uma boa posição. Aposte nessa estratégia.

Com informações do blog Marketing de Conteúdo

acoes-blog

6 ações para serem feitas depois de postar em seu blog

Manter um blog exige comprometimento para que esteja sempre atualizado e com bons conteúdos. Além disso, é importante que ele tenha um design e imagens bonitas para agradar seus leitores e seja referência para outros sites.

Estas são algumas ações simples que grande parte das pessoas fazem. Entretanto, existem outros passos que devem ser seguidos após a publicação em um blog. Veja 6 ações a seguir:

1- Faça uma revisão em seu texto

Às vezes, o editor de texto pode deixar passar alguns erros que não percebemos na hora. Por isso, é importante reler o material publicado para corrigir algumas falhas de digitação, gramática ou de concordância. Se estiver acostumado com o que escreveu, releia mais tarde ou peça para outra pessoa, que estará mais atenta e encontrará facilmente algo de errado.

2- Compartilhe o conteúdo nas redes sociais

As redes sociais são os melhores meios para compartilhar seus conteúdos, pois apenas um post pode alcançar um grande número de pessoas gratuitamente. Use as mídias a seu favor, atualizando as páginas com os novos materiais de seu blog.

3- Divulgue em grupos das redes sociais

Além da sua própria página, compartilhar seus conteúdos nos grupos das redes sociais é uma ótima ideia, pois alcançará pessoas que talvez ainda nem conheçam a sua empresa. É outro espaço gratuito e muito proveitoso que você pode usar.

4- Conecte os novos conteúdos a textos antigos

É uma prática muito comum entre os grandes portais e que traz bons resultados. Se em um artigo antigo você falou sobre um produto, por exemplo, e fez outro material falando sobre a atualização dele, vale colocar um link para que os leitores possam acessar o primeiro texto.

Assim, o primeiro artigo pode ser acessado por quem não havia lido antes.

5- Responda aos comentários

Responder aos comentários, seja no blog ou nas redes sociais, é um dos melhores meios de interação com a sua audiência. Isso faz com que você se aproxime do leitor e ainda ganhe a simpatia dele, por lhe ter dado atenção.

6- Acompanhe os resultados do seu blog

Preste atenção nos números periodicamente e veja o que estes resultados dizem. Se o público tem se interessado pelos seus materiais, de onde são os seus leitores e que horas acessam. Isso lhe ajudará a fazer novas estratégias, caso algo precise ser mudado, tanto no seu blog, quanto nas redes sociais.

Estas são ações simples, mas muito importantes para serem feitas após a publicação no blog. Explore as possibilidades das redes sociais para compartilhar seus conteúdos e acompanhe os resultados para que você consiga traçar estratégias melhores.

Com informações do blog Marketing de Conteúdo

conteudo-blog

7 ideias de conteúdo para publicar em seu blog

Manter um blog é uma das principais ações do Marketing de Conteúdo. Publicar frequentemente neste espaço atrai visitantes e torna o site da empresa uma referência na área em que atua.

Entretanto, postar artigos interessantes pode ser uma tarefa muito difícil para as empresas. Muitas vezes, o responsável por essa função se pergunta “que tipo de post posso produzir?” ou “qual o formato mais indicado para este tema?”.

Por isso, mostramos 7 tipos de conteúdo que você pode fazer para nutrir o seu blog. Veja quais são eles:

1- Posts educativos

Nestes artigos o principal motivo é educar os leitores sobre a área em que a empresa atua. No entanto, fique atento ao modo de como escreve, pois o intuito desta publicação é ensinar e não vender o produto ou serviço. Isto mostrará que a marca conhece o mercado e se tornará referência no assunto.

2- Notícias

Falar sobre as novidades do mercado também é um tema muito interessante. Para este caso, aproveite para postar enquanto o assunto é muito comentado, do contrário, se torna uma notícia ultrapassada.

3- Vídeos

A produção de vídeos, que já foi um tipo de conteúdo esporádico, hoje é uma prática fundamental para as publicações na internet e a eficácia dos resultados é comprovada.

Muitas pessoas preferem o conteúdo neste formato, então vai agradar ao público que prefere assistir vídeos a ler textos. Entretanto, também é interessante transcrevê-lo, porque uma parte dos usuários gosta de artigos por escrito. Ou seja, diversifique o modo da publicação que alcançará um número maior de visitantes e seguidores.

4- Entrevistas

Pessoas de diversos setores e até de fora da empresa podem ter boas dicas para compartilhar para o conteúdo do blog. Desse modo, é muito interessante fazer uma entrevista quando a pauta é relacionada com a especialidade de cada um.

Entrevistar pessoas que são referência no mercado cria um conteúdo de bastante qualidade para o blog, além de ser um grande aprendizado para o entrevistador.

5- Listas

Listas são ótimas maneiras de organização. Por isso mesmo, conteúdos com listas são muito atrativos e didáticos, sendo uma ótima opção para diversificar o seu blog. Para fazê-lo, pense em como dividir o tema em tópicos: ordem cronológica, do maior para o menor, sequencial, entre outros.

Esse tipo de post alcança resultados muito bons, pois são mais fáceis de ler, atiçam a curiosidade e simplificam a explicação do tema.

6- Pesquisas

Dados sobre o mercado em que a empresa atua são ótimas referências para dar credibilidade ao blog. Apresentar números é a forma mais concreta de falar sobre o cenário de atuação da organização, o que está em alta e quais serão as próximas tendências.

Caso não consiga fazer um estudo próprio, use como referência pesquisa de empresas parceiras ou institutos.

7- Experiências

Falar sobre o que faz no dia a dia é uma forma muito interessante de produzir conteúdo para os leitores. Organize e explique tudo sobre uma tarefa ou projeto e conte no blog.

Para muitas empresas, compartilhar os aprendizados pode ser algo prejudicial para o próprio negócio. Entretanto, para o Inbound Marketing, contar sobre o “know-how” fortalece muito mais a imagem da marca.

Estas são algumas ideias para que você consiga nutrir o blog da empresa com mais facilidade. Entretanto, todas têm uma peculiaridade que com certeza deve ser interessante para o público-alvo. Use isso a seu favor e faça sua página virar uma referência na área.

Com informações do site Resultados Digitais

Portrait of beautiful office worker

4 dicas para criar seu blog e interagir com o público

Partindo da pesquisa “We Are Social”, que apontou que o Brasil ocupa a primeira posição no ranking de internautas que mais passam tempo online, podemos concluir que apostar seu negócio em plataformas digitais é o caminho certo para o sucesso.

Estar presente nas redes sociais se tornou quase que uma obrigação para os empreendedores. Mas, além destas mídias, existe outra plataforma muito interessante para interagir com seu público: o blog.

Criar um blog vale tanto para os negócios já estabelecidos, quanto para os recentes no mercado. Além de ser um ótimo meio de interação com os consumidores, também pode é uma forma divertida de ganhar dinheiro.

E se você ainda não sabe por onde começar, listamos aqui 4 dicas para criar seu blog:

1- Escolha a plataforma ideal

Existem diversos sites para hospedar diferentes formas de conteúdo. A escolha vai do tipo de postagem que se pretende fazer. Se a intenção é trabalhar com textos, por exemplo, WordPress e Blogger são duas boas plataformas. O Pinterest é uma excelente página para fotografia. E o Youtube é o site mais fácil e popular para divulgar vídeos.

2- Escolha um tema

Para direcionar a audiência e ganhar seguidores, é importante que o blog siga um tema específico. Por meio de seus artigos, reflita suas ideias e exponha opiniões seguindo uma linha para não dispersar dos principais assuntos. Se o blog tiver vários colaboradores com temas diferentes, certifique-se de que os assuntos têm uma ligação entre si.

3- Relacione-se com seus seguidores

Mantenha-se sempre conectado com seus seguidores para que estejam próximos e interagindo com seu trabalho. Comunique-se por meio das redes sociais e responda aos comentários no blog. Um espaço no blog para que possam entrar em contato é uma boa ideia para ouvir as opiniões e dar voz ao público.

4- Faça conexões

Parcerias com outros blogs podem ajudar o seu a se manter bem posicionado no ranking de pesquisa do Google, fazendo com que lhe dê credibilidade. Em seu conteúdo, coloque referência de outros portais ou blogs para indicar para seus seguidores. Assim, cria-se uma relação com outros blogueiros e o seu também poderá ser citado em outras postagens.

Com informações do site Universia