Posts

gifs

Aprenda 4 formas de usar gifs em sua estratégia de marketing digital

Os gifs (Graphic Interchange Format) existem na internet desde 1987. É um formato de imagem que, a partir de sequências simples, gera uma sensação de movimento. Eles ganharam bastante popularidade nos últimos anos, devido às redes sociais. Muitas empresas perceberam também que é possível fazer boas campanhas com eles, sem a necessidade de criar produções mais caras, como vídeos, por exemplo.

Além disso, os gifs costumam atrair muito as pessoas, por sua capacidade de mexer com o emocional do público. Geralmente, tem um tom mais humorístico, o que pode ser um grande fator de engajamento.

Esse formato de imagem pode ser utilizado de diferentes maneiras pelas empresas. Selecionamos 4 dicas de como você pode utilizá-lo, para conseguir mais audiência e conquistar clientes e leads.

Como usar gifs em estratégias de marketing digital

Confira a seguir 4 diferentes maneiras de aplicar os gifs em seus canais de divulgação:

1) Nas redes sociais: podem ser usados como conteúdo, seja para anunciar algum produto e serviço, ou em campanhas publicitárias. É interessante criar o gif com um toque de humor. Assim, você estará se comunicando com seus seguidores na linguagem que eles gostam. Use bastante a criatividade para atrair o público.

2) Em blogs: quando os posts têm conteúdo extenso, é uma boa alternativa intercalar com gifs, para que a leitura fique mais envolvente. Além disso, eles podem ajudar a resumir o assunto de uma maneira mais didática e leve, pois chamam a atenção do leitor e reforçam a mensagem.

3) Chatbots: para atender o público de maneira bem-humorada, muitas empresas estão adotando os gifs em suas respostas, inclusive no Messenger, do Facebook. É uma forma de mostrar ao público que sua marca está atenta às novidades e entende seus anseios.

4) E-commerces:
nesse caso, eles podem ser empregados em posts para avisar sobre promoções, dando destaque às “call to actions” (chamadas para ação). Se, por exemplo, o gif conter a imagem de um cronômetro fazendo contagem regressiva para o término de uma campanha, dará uma sensação de emergência maior ao público.

Usar gifs em sua estratégia de marketing digital é uma forma de chamar a atenção e cativar o público. Experimente aplicar esse formato de imagem em seus canais de divulgação e perceba como o engajamento aumentará.

*Fontes: Mail Relay; Inunda Web

*Imagem: divulgação

Sucesso para o e-commerce

Sucesso para o e-commerce: como usar o marketing de conteúdo

As conversões são a chave do sucesso para o e-commerce. O tráfego para o site é extremamente importante, mas, de nada adiantará uma quantidade enorme de pessoas que acessam a página, se estas não se tornarem leads para depois se converterem em vendas.

É neste momento que entra em jogo o marketing de conteúdo. Estudos apontam que, com ele, é possível aumentar a taxa de conversão em até 6 vezes. Ou seja, o conteúdo tem extrema importância para gerar conversões para o e-commerce.

Fomentar a criação de conteúdo permite que a página crie uma estreita relação com os clientes. Os consumidores querem se sentir engajados e, ao aumentar o engajamento, você cria fidelidade à marca, impulsionando conversões e elevando, assim, o número de vendas.

Ao seguir a marca, o cliente busca mais que promoções e ofertas: ele quer informação. Seja sobre produtos, conceitos ou serviços oferecidos.

Como alcançar sucesso para o e-commerce: dias úteis para começar

Escolha um conteúdo: foque em um tipo e uma plataforma. Qual? Vai depender do produto/serviço, nicho de mercado e tipo de consumidor. A dica é começar pelo e-mail marketing, pois tem o maior retorno de investimento. Mas, lembre-se que há outras plataformas. Explore aquela que lhe é mais familiar: um post no blog, um vídeo no YouTube.

Crie guia de produtos ou serviços para os clientes: ofereça dicas de como usar, montar ou arrumar os produtos. Detalhes sobre serviços ofertados também são de grande valia. O guia deve ser usado para educar os clientes, não para realizar vendas. Preocupe-se em sempre apresentar itens visuais. Os clientes querem visualizar como as coisas funcionam e parecem. Querem ver como usar e cuidar dos possíveis futuros itens comprados.

Crie vídeos: as pessoas precisam de estímulos visuais, por esta razão o uso do vídeo é essencial. Seja em campanhas de anúncios, webinars aprofundados, cursos online ou outro modelo do tipo.

Ofereça informações úteis: ao criar uma tabela de tamanhos, você cria empatia com o cliente, pois disponibiliza para ele dados que serão utilizados na vida real. Outra estratégia é criar uma página com perguntas e respostas frequentes. O consumidor se sentirá muito confortável para buscar solucionar a questão que o levou até ali.

Conte histórias de clientes: compartilhar como 0 produto foi um sucesso para outra pessoa é um caminho vantajoso. Ao ver que a experiência foi positiva, o cliente vai em busca de algo similar para ele.

Há inúmeras maneiras de atrair tráfego e, consequentemente, ampliar o número de vendas para atingir sucesso para o e-commerce. Estas são as principais, mas, o primeiro passo é começar.

Invista no marketing de conteúdo que, em breve, a sua página estará com um bom fluxo de visitantes e com o engajamento em alta. Desta forma, o número de vendas só tende a crescer.

Com informações do Neil Patel

Imagem: divulgação

metricas-facebook

Métricas do Facebook: veja se suas ações dão o resultado esperado

O Facebook se tornou uma ferramenta indispensável para a comunicação das empresas. E, para que a estratégia dê resultado, além de um bom planejamento, é preciso acompanhar o desempenho dos posts para saber se as ações estão dando certo ou precisam ser alteradas.

Para mensurar os resultados de suas estratégias na rede social, todas as páginas têm acesso ao Facebook Insights. É uma ferramenta que reúne os números das principais métricas e ajuda a equipe de comunicação entender o desempenho dos posts dentro de um determinado período.

Cada empresa tem um objetivo diferente com suas páginas no Facebook. Algumas desejam aumentar a popularidade na rede social, outras, elevar as suas vendas. Leve em consideração estas 3 métricas e descubra se suas ações estão dando o resultado esperado:

1- Engajamento

As curtidas, comentários e compartilhamentos indicam que seus posts estão agradando aos seguidores, mas não necessariamente aumentando suas vendas. Se o objetivo é tornar a página mais popular, você está no caminho certo.

Mas, se o que a marca pretende no Facebook é vender mais, precisa trabalhar em ações voltadas para este objetivo, como fazer postagens com links que levem o usuário à página do e-commerce da empresa.

2- Visibilidade

Uma grande quantidade de engajamento de um post faz com o que o Facebook o impulsione e alcance seguidores que talvez não o veriam. Isso traz mais visibilidade para a página, mas se objetivo da marca é vender, não é o suficiente.

Informações sobre a marca e o setor em que atua são interessantes e necessárias. Entretanto, para aumentar o número de vendas é preciso trabalhar com publicações mais objetivas, como lançamento de produtos e promoções.

3- Conversão

Se a empresa pretende ter mais seguidores, o número de engajamento e o alcance de novos usuários já é uma boa métrica. Entretanto, se está buscando aumentar o resultado das vendas, é preciso trabalhar com posts que direcionem para o link da loja e facilitem o acesso aos produtos que deseja vender.

Com a meta traçada, fica mais fácil analisar se a estratégia está dando certo. Cada página tem um objetivo diferente, principalmente as empresas de e-commerce, que além do número de usuários, também desejam aumentar suas vendas.

Muitas das compras online partem do próprio Facebook e esta se tornou uma ferramenta tanto de comunicação, quanto de vendas. Saiba usá-lo a seu favor.

Com informações do blog Soul Digital