Posts

seguranca de sites

Segurança de sites: como garantir sem grandes investimentos

Após o texto sobre a velocidade de carregamento, o assunto desta vez é a segurança de sites. Como os pequenos negócios podem garantir a confiabilidade da sua página sem grandes investimentos?

A preocupação com a segurança de sites deveria ser constante para os pequenos empreendimentos, mas são poucos os que têm esta visão de negócio.

Geralmente, muitas empresas sequer dedicam atenção ao assunto, quanto mais investimentos. O fundamental é as organizações entenderem a importância de manter um site seguro.

Dificuldade para implementar a segurança de sites

As pessoas só compreendem a importância da segurança de sites quando algo acontece. Muitos não fazem o backup regular e, por isso, correm o risco de perder todos os arquivos.

Entre os critérios que dificultam a implementação da segurança de sites em pequenas empresas é o desconhecimento do tema. Quem não conhece, não se importa.

Mas, não se preocupar com o tema pode causar danos ao negócio e a sua presença digital.

Empresas como Google, Facebook e outros ignoram e penalizam sites infectados.

Como manter a segurança de sites sem investir muito

Um bom caminho a seguir é terceirizar o processo de tecnologia. Antes de pensar no negócio em si, tenha em mente que a terceirização é primordial para o sucesso da futura pequena empresa.

Seu negócio precisa de uma presença digital consistente para alcançar novos clientes, além de falar com os atuais.

Para isso, é preciso atentar-se a três fatores que exigem segurança: hospedagem do site, desenvolvimento e manutenção. Confira a seguir:

– Segurança de hospedagem: procure hospedar seu site em locais que minimizem riscos e resolvam algum problema de forma rápida e eficaz. Não escolha servidores que deleguem a tarefa para você.

– Segurança de desenvolvimento: os profissionais por trás do desenvolvimento de sites e lojas virtuais devem conhecer muito de segurança para evitar possíveis brechas que levem a ataques.

– Segurança de manutenção: é preciso monitorar e executar rotinas consistentemente. Utilize soluções gratuitas como, por exemplo, o plugin WP Care. Este plugin informa se há alguma vulnerabilidade de segurança na versão utilizada.

* Com informações do Apiki Blog

emails-caiam-no-spam

5 ações para evitar que seus emails caiam na caixa de SPAM

Um dos maiores desafios do Marketing Digital das empresas é evitar que seus emails caiam na caixa de SPAM. Isso acontece porque milhares de mensagens são enviadas todos os dias, mas nem todas têm a caixa de entrada como finalidade.

Existem muitas maneiras para evitar que as campanhas de email marketing caiam na caixa de spam. Aqui selecionamos 5 ações e cuidados que você deve tomar para que suas mensagens sejam entregues corretamente para o destinatário:

1- Não comprar listas de email

Para ter uma boa base de contatos, comprar listas de email é a pior coisa a se fazer. Isso porque elas são compostas por pessoas aleatórias, e que nem sempre são do perfil do seu público-alvo. Outro agravante é que elas não deram permissão para receber suas mensagens.

Além disso, essas pessoas que não desejam receber suas mensagens podem classificá-lo como SPAM, e essa atitude coloca o seu domínio na lista negra do sistema de entrega. Por isso, faça campanhas, como landing pages, para atrair contatos que realmente estejam interessados nos seus conteúdos.

2- Limpe sua lista de email

Periodicamente, faça uma limpa e remova todos os emails desativados da sua lista, ou que não sejam mais relevantes.

Enviar mensagens para emails desativados classifica a lista como de má qualidade. E essa reputação pode fazer seu domínio cair nos filtros anti-spam.

Ou seja, fazer uma limpa na sua lista de contatos vai remover os emails irrelevantes e manter a boa imagem do seu domínio.

3- Não use assuntos “caça-clique”

Títulos muito clichês, como “super promoção” ou “descubra um segrego aqui” e outros que não revelam a finalidade da mensagem, geralmente são spams. Usar algo parecido em sua campanha, que realmente tem um conteúdo relevante para oferecer aos contatos, corre o risco de prejudicá-la, fazendo com que seu destinatário a mande logo para o lixo eletrônico.

Por isso, seja criativo e coloque assuntos objetivos e que já mostrem a importância da sua mensagem para o destinatário.

4- Não use características de spam em seus emails

Mensagens associadas a spams, como o uso de cores chamativas e textos que remetem ao merchandising de algum produto são características clássicas dos spams.

Tente ao máximo evitar esses itens. Escreva uma mensagem clara, interessante, mas que não chame a atenção do leitor desesperadamente.

5- Use templates em HTML

Emails que usam apenas imagens tendem a ser bloqueados pelos principais servidores (Gmail, Hotmail e outros).

Hoje, os usuários se desinteressam pela mensagem quando ela pede permissão para exibir uma imagem. Por isso, o email deve mostrar de cara o seu objetivo, caso contrário, ele será apagado ou classificado como spam.

Utilizando templates em HTML você terá uma boa exibição dos textos e imagens na mensagem enviada. A maioria dos programas de disparo de emails já disponibiliza esse modelo, portanto, o envio fica mais simples e seguro.

Caso você ainda não tenha uma ferramenta para o disparo de emails, faça uma pesquisa na internet e logo você encontra diversas opções de qualidade.

Siga estas 5 dicas e garanta o sucesso das suas campanhas de email marketing.

Com informações do blog Resultados Digitais