Posts

alcance-organico-no-facebook

Alcance orgânico no Facebook despenca. E agora, o que fazer?

Se já estava ruim, o alcance orgânico no Facebook ficou ainda pior para as empresas neste início de 2018. Em 11 de janeiro, o fundador da rede social, Mark Zuckerberg, divulgou que posts de marcas aparecerão menos para os usuários. Publicações de amigos e familiares ganharão mais destaque do que o conteúdo de fanpages.

Zuckerberg alega que o objetivo é priorizar a interação, o que ocorre mais entre conhecidos do que entre usuários e empresas. “Construímos o Facebook para ajudar as pessoas a permanecerem conectadas e nos aproximaremos das pessoas que são importantes para nós. É por isso que sempre colocamos amigos e familiares no centro da experiência”, disse ele.

A novidade pode ser até agradável para usuários, mas não tem nada a ser comemorada pelas marcas. Está cada vez mais claro que só terá espaço no Facebook os negócios que investirem recursos em anúncios.

No início, o alcance orgânico no Facebook beirava os 100%. Isso seduziu as empresas, que viram na mídia uma verdadeira mina de ouro. Afinal, era possível atingir milhões de consumidores, divulgar produtos e serviços, se relacionar de forma estreita com os clientes, vender. Tudo isso sem custos! Na verdade, era só o início de uma estratégia genial de Zuckerberg.

A gravidade da “FacebookDependência”

Aos poucos o Facebook foi diminuindo a distribuição desse conteúdo comercial, inclusive para os próprios curtidores das páginas. Ou seja, se antes bastava fazer uma publicação para atingir os seguidores, com o tempo isso se perdeu. As empresas perceberam que só o orgânico já não bastava e, encantadas e seduzidas, passaram a investir pesado no Facebook. Até porque muitos negócios se tornaram “FacebookDependentes”.

E essa dependência pode, cada vez mais, gerar grandes estragos em quem focou suas estratégias de comunicação e marketing exclusivamente na rede. Na minha agência, a RZT Comunicação, tive casos de clientes que atendemos e que abdicaram de um site para ter apenas uma fanpage. Ou profissionais liberais que acreditam que basta um perfil ou página no Linkedin. Um erro perigoso.

Para que você possa entender a gravidade disso, encare da seguinte forma: ter uma fanpage no Facebook ou em qualquer outra rede é como morar de aluguel. Ou seja, do dia para a noite, as regras podem mudar, sua página ser excluída e você ser “despejado”. Sem falar na possibilidade (real!) de a rede acabar, encerrar as atividades.

Alternativas para a queda no alcance orgânico no Facebook

1) Não more apenas de aluguel. Tenha sua casa própria, ou seja, seu site. Sim, ele provavelmente não terá de imediato a mesma audiência e repercussão que você já possui nas redes sociais. Isso é claro. Mas, a médio e longo prazos, você começará a colher frutos. E será tudo seu, sem riscos.

2) Use seu perfil no Facebook para compartilhar as publicações da sua página. Assim você trabalhará em duas linhas de frente.

3) Incentive seus curtidores a clicarem em “Ver primeiro” no botão “Seguindo” da sua fanpage. Assim, aumentam as chances de suas publicações aparecerem no feed desses usuários.

4) Produza conteúdo no Facebook que gere engajamento, conversas, debates. Isso aumentará a distribuição orgânica.

5) Participe ativamente de grupos que tenham participantes com o perfil do seu avatar/público-alvo. Isso serve para Facebook, LinkedIn, WhatsApp…

6) Dê a mesma atenção para outras redes sociais, especialmente LinkedIn, para networking, e Instagram, que vem crescendo muito no Brasil, além do WhatsApp.

7) Se você vinha produzindo conteúdos em vídeos no Facebook, passe a publicar também nas outras redes, além do seu canal no YouTube e site.

8) Valorize o relacionamento com seus leads através de e-mails marketing. Sim, ainda funciona (e muito bem!). Foque em conteúdo útil, informativo, com prestação de serviço.

9) Crie estratégias para aumentar sua base de leads. Disponibilizar um campo no seu site para as pessoas se cadastrarem é fundamental. Elaborar páginas de captura para oferecer e-books é uma tática inteligente.

Como você pode ver, há como combater essa baixa no alcance orgânico no Facebook. E acredite: fazendo essas ações acima, sua marca ficará mais fortalecida do que antes.

marketing-no-facebook

Marketing no Facebook: 6 ações para manter a página da empresa ativa

Criar uma página para a empresa é fundamental para uma boa estratégia de Marketing no Facebook. Mas, além de fazer com que ela exista, é preciso estimular a presença, interagindo com os seguidores e buscando alcançar novas pessoas.

Para ajudar a sua página estar sempre ativa, listamos 6 ações para seguir e melhorar o seu Marketing no Facebook:

1- Use os comentários como feedbacks de suas campanhas e produtos

As opiniões que os seguidores deixam na página do Facebook são muito importantes. Pelos comentários é possível saber se suas ações estão agradando ou não ao púbico.

2- Varie o formato das postagens

Além dos textos e postagens de artigos e notícias, é interessante variar o formato. Publique vídeos, fotos, infográficos, enquetes e outros modelos que possam chamar a atenção dos seguidores. Essas variações deixam a página da marca mais interessante.

3- Peça para os seguidores expressarem suas opiniões

Nem sempre os fãs da página irão interagir com uma publicação por espontânea vontade, ainda que possa agradá-los. Mas, se você instigá-los a responder os comentários das publicações, conseguirá bons resultados.

4- Promova sua página de maneira offline

Sua empresa não precisa limitar a divulgação da página apenas na internet, como no site e blog. Você pode promover em cartões de visita, brindes, cartazes e outros tipos de veiculações.

5- Siga uma periodicidade

Pense em uma frequência de publicações que se encaixe com o horário de pico do uso das redes sociais. Mas não fique muito tempo sem postar na sua página, pois isso a faz cair no esquecimento e, sem conteúdos, ela também pode perder a credibilidade.

Por isso, não deixe de publicar conteúdos na página da empresa.

6- Acompanhe o desenvolvimento dos posts

Analisando os relatórios das postagens, você percebe que algumas tiveram mais interações do que outras. Isso mostra como o público reage aos assuntos que você posta, e é um indicativo de como você deve seguir com seus próximos posts e campanhas.

Estas são algumas ações que você pode fazer para melhorar o Marketing do Facebook da sua empresa. É importante manter a página atualizada e interagindo com seus seguidores, para que ganhe a visibilidade que a marca busca.

Com informações do Hubspot

 

fanpage-para-empresas

Fanpage para empresas: 6 motivos para usá-las

A fanpage para empresas é uma ferramenta criada há alguns anos pelo Facebook para facilitar a comunicação e relacionamento das marcas com os seus seguidores. Entretanto, muitas delas ainda estão presentes nesta rede social usando um perfil pessoal.

Usar o Facebook como uma fanpage, e não como um perfil pessoal, é muito mais vantajoso. Esta ferramenta possui diversos recursos que ajudam na divulgação das empresas na rede social.

Listamos abaixo 6 benefícios das fanpages para empresas:

1- Número ilimitado de seguidores

O perfil do Facebook permite ter no máximo 5 mil amigos adicionados. E este é um número pequeno quando nos referimos ao alcance que uma empresa deseja ter na rede social.

As fanpages permitem que as empresas tenham um número ilimitado de seguidores.

2- Anúncios

Os anúncios são muito utilizados pelas marcas e uma das melhores ferramentas para alcançar diversos objetivos. Por eles, é possível impulsionar posts, atingir mais pessoas e ganhar novos seguidores, promover sua página e ofertas da sua empresa, entre outras ações.

3- Abas personalizadas

Você já deve ter notado que no lado esquerdo das fanpages existem diversas abas. Algumas páginas colocam conteúdos básicos, como página inicial, sobre, fotos, publicações e outras informações.

É possível criar abas para separar os diversos tipos de conteúdo que a sua página oferece. Essas opções deixam a sua fanpage mais personalizada e organizada.

4- Calls-to-action

As CTAs (calls-to-action), muito usadas nas Landing Pages, também podem ser inseridas na fanpage. Assim, é possível criar ações para incentivar os seguidores a clicarem no próprio Facebook.

Outro benefício dos anúncios é que você pode fazer um investimento de quanto puder, a partir de 10 reais. Não há um custo fixo.

5- Analisar Dados

O Facebook disponibiliza alguns dados para acompanhar o desenvolvimento da sua fanpage. Por exemplo, é possível analisar o engajamento de posts em um determinado período, localização dos fãs, fotos e vídeos que foram vistos, etc.

É possível ter um relatório periódico sobre a sua página, e essas informações são importantíssimas para medir seus resultados.

6- Fácil administração

Administrar uma fanpage é fácil e pode ser feita por mais de uma pessoa. Além do login direto no Facebook, também é possível se manter conectado a ela pelo perfil pessoal.

Várias pessoas podem administrar a página, e há níveis de hierarquia para que cada uma tenha um limite de acesso às edições, inclusões e monitoramento da página.

Os recursos disponíveis nas fanpage para empresas facilitam muito a comunicação e divulgação das marcas no Facebook. É recomendável que todas tenham uma, para se desenvolverem melhor na rede social.

Com informações do blog Resultados Digitais

post-pago

Posts pagos: 4 dicas para melhorar seu desempenho

No Facebook, por exemplo, a reação dos usuários influencia muito no desempenho dos posts pagos. Quanto mais reações positivas (curtidas, comentários e compartilhamentos), mais pessoas verão o anúncio. Por outro lado, as ações negativas (comentários ruins ou ser marcado para que seus anúncios não sejam vistos) podem fazer com que esta campanha não tenha um grande alcance.

Para que você consiga fazer um anúncio de sucesso para a página da sua empresa nas redes sociais, listamos 4 dicas:

1- Tenha a maior restrição de público possível

Direcionar o post pago para diversos grupos pode fazer com que ele alcance muitas pessoas, mas não será relevante para todas. Faça uma seleção por local, idade, gênero, interesses e outros fatores que definam o perfil exato do seu público-alvo.

2- Capriche na mensagem e imagem do seu anúncio

O design e a mensagem passados pelo anúncio devem ser interessantes para que atraiam a atenção dos usuários que vão vê-lo e os façam perceber que é algo que será útil para eles. Outro formato que pode trazer ótimos resultados é em vídeo. Seja criativo para conseguir mais interações com o post pago e seguidores para a sua página.

3- Fique atento à data do anúncio

Mesmo que seja um ótimo anúncio, com o tempo ele se torna ultrapassado e até desinteressante. O mais indicado é programá-lo para que circule por apenas algumas semanas.

4- Faça testes e veja quais estratégias seguir

Para testar o desempenho do post pago, faça um anúncio com o mínimo de investimento e envie para diferentes públicos. Assim, é possível saber para quais grupos a campanha foi relevante e para quem não interessou.

Este teste te ajudará a direcionar o post para o público certo e conseguir melhores resultados para sua campanha.

Outra forma é exibir diferentes anúncios para os mesmos públicos e analisar por quais eles se interessaram. Fique de olho no desempenho dos usuários (curtidas, comentários ou desinteresse, como desativar seus anúncios).

 Com informações do blog Resultados Digitais

metricas-facebook

Métricas do Facebook: veja se suas ações dão o resultado esperado

O Facebook se tornou uma ferramenta indispensável para a comunicação das empresas. E, para que a estratégia dê resultado, além de um bom planejamento, é preciso acompanhar o desempenho dos posts para saber se as ações estão dando certo ou precisam ser alteradas.

Para mensurar os resultados de suas estratégias na rede social, todas as páginas têm acesso ao Facebook Insights. É uma ferramenta que reúne os números das principais métricas e ajuda a equipe de comunicação entender o desempenho dos posts dentro de um determinado período.

Cada empresa tem um objetivo diferente com suas páginas no Facebook. Algumas desejam aumentar a popularidade na rede social, outras, elevar as suas vendas. Leve em consideração estas 3 métricas e descubra se suas ações estão dando o resultado esperado:

1- Engajamento

As curtidas, comentários e compartilhamentos indicam que seus posts estão agradando aos seguidores, mas não necessariamente aumentando suas vendas. Se o objetivo é tornar a página mais popular, você está no caminho certo.

Mas, se o que a marca pretende no Facebook é vender mais, precisa trabalhar em ações voltadas para este objetivo, como fazer postagens com links que levem o usuário à página do e-commerce da empresa.

2- Visibilidade

Uma grande quantidade de engajamento de um post faz com o que o Facebook o impulsione e alcance seguidores que talvez não o veriam. Isso traz mais visibilidade para a página, mas se objetivo da marca é vender, não é o suficiente.

Informações sobre a marca e o setor em que atua são interessantes e necessárias. Entretanto, para aumentar o número de vendas é preciso trabalhar com publicações mais objetivas, como lançamento de produtos e promoções.

3- Conversão

Se a empresa pretende ter mais seguidores, o número de engajamento e o alcance de novos usuários já é uma boa métrica. Entretanto, se está buscando aumentar o resultado das vendas, é preciso trabalhar com posts que direcionem para o link da loja e facilitem o acesso aos produtos que deseja vender.

Com a meta traçada, fica mais fácil analisar se a estratégia está dando certo. Cada página tem um objetivo diferente, principalmente as empresas de e-commerce, que além do número de usuários, também desejam aumentar suas vendas.

Muitas das compras online partem do próprio Facebook e esta se tornou uma ferramenta tanto de comunicação, quanto de vendas. Saiba usá-lo a seu favor.

Com informações do blog Soul Digital

alcance-organico

9 práticas para aumentar o alcance orgânico de sua página no Facebook

Criar e monitorar uma página no Facebook e em outras redes sociais se tornou uma das principais tarefas de comunicação e marketing de muitas empresas. Entretanto, o alcance orgânico de suas páginas, ou seja, interações, curtidas, likes e comentários sem a ajuda de anúncios pagos está diminuindo bastante.

Isso acontece porque, devido à grande concorrência pela atenção dos usuários, as páginas que utilizam mais recursos do Facebook, principalmente das ferramentas pagas, saem na frente daqueles que trabalham apenas com conteúdo e estratégias gratuitas.

Mas manter uma página no Facebook ainda é um ótimo investimento. E, mesmo não usando com tanta frequência as ferramentas pagas da rede social, é possível conseguir bons resultados apenas com o alcance orgânico.

Confira 9 dicas para alcançar mais usuários gratuitamente:

1- Publique conteúdos perenes

Esse é um tipo de material que continua relevante com o passar do tempo. Um artigo que tire as dúvidas de seu público e fale mais sobre o seu negócio, por exemplo, não ficará ultrapassado e poderá ser divulgado de novo futuramente.

2- Entenda sobre o Facebook Insights

Esta é uma ferramenta que possibilita entender o seu público o e relacionamento dele com a página. Isto é muito interessante, pois responde a muitas dúvidas sobre como proceder com as estratégias de publicação.

Os conteúdos mais populares, melhor horário para postagem, quantidade de links e outras informações são questões que podem ser direcionadas pelo Facebook Insights.

3- Use filtro de público

Se pretende postar um conteúdo relevante para diferentes públicos, não faz sentido incluir pessoas que não se interessam por determinado assunto. Por isso, use os recursos de filtro e direcione o material para quem está mais disposto a vê-lo.

4- Personalize os posts

Em um feed de notícias tão disputado, é interessante trabalhar nas artes visuais para chamar atenção do público. Mesmo que compartilhe links de artigos, seja criativo nas chamadas para incentivar os usuários a lerem o seu conteúdo.

5- Descubra o horário certo para postar

Um dos segredos para conseguir melhores resultados é saber o horário mais conveniente para postar. Por isso, terá sucesso de alcance orgânico se publicar nos momentos em que seus usuários mais acessam o Facebook.

Este dado você pode descobrir pelas ferramentas de insights que o Facebook oferece.

6- Divulgue mais de uma vez

Publicando o mesmo post em diferentes horários terá a chance de atingir um maior número de usuários, aumentando o seu alcance orgânico.

7- Publique vídeos

O uso de vídeos está entre os posts que mais geram engajamento entre os usuários do Facebook. Assim, você ganhará atenção e terá maior chance de interação, como curtidas, comentários e compartilhamentos.

8- Incentive a interação com seus fãs

Esta é uma prática simples. Na legenda dos posts você pode escrever algo como “marque um amigo aqui” ou “indique este artigo para alguém”. Qualquer pedido de interação é valido para aumentar a interação com seus usuários.

9- Use anúncios pagos

Existem muitos recursos gratuitos oferecidos pelo Facebook, mas os anúncios pagos estão crescendo e sai em vantagem a empresa que os utilizam pelo menos por algumas vezes. Quanto mais conhecer esta ferramenta, melhor será a sua interação com ela e é um investimento que pode ser muito lucrativo para a sua marca.

Apesar do número de postagens pagas estar crescendo e ser uma vantagem para as empresas que já fazem a prática deste recurso, continuar com os esforços para alcances orgânicos ainda valem a pena. O Facebook dispõe de muitas opções para ajudar a sua página a crescer. Conheça todas elas e tire o maior proveito para o seu negócio.

Com informações do blog Sambatech

noticias-facebook

Facebook vai trabalhar com recursos contra notícias falsas

O Facebook vem passando por muitas mudanças em sua plataforma nos últimos meses e, recentemente, anunciou mais duas. Devido às diversas críticas que recebe por conteúdos falsos ou irrelevantes nos feeds dos usuários, a rede social vai incorporar novos sinais para identificar e classificar os conteúdos para prever o que realmente é interessante.

Para fazer essa nova seleção, o Facebook vai levar em conta vários tipos de sinais, como o quão próximo você é da pessoa ou interage com a página que fez o post, assim como o engajamento em geral – likes, comentários, ações.

Isso deve reduzir a relevância de páginas e perfis que fazem conteúdos apenas para pedir curtidas ou comentários ou estimular interações com links que não são o que o usuário realmente espera. Por outro lado, se um post for considerado de grande relevância pelo Facebook, ele terá mais destaque no feed de notícias.

Para as atualizações em tempo real, o Facebook vai levar em conta o número de pessoas envolvidas em um tópico. Se um post é engajado por muitos usuários, a plataforma entenderá que aquela mensagem é mais importante no momento, portanto, terá mais destaque.

Estas ferramentas contra notícias falsas são novidades no Brasil, mas em países como Estados Unidos, França e Alemanha já existem filtros em que os próprios usuários reportam os boatos, além de equipes especializadas. Aqui ainda não há uma data definida para estes recursos começarem a ser colocados em prática.

Com informações do site Techtudo

facebook

Facebook lança ferramenta para legendas automáticas nos vídeos

Em fevereiro passado, o Facebook introduziu uma nova ferramenta para criar legendas automaticamente para anúncios em vídeo. Agora, a plataforma está estendendo o recurso a todos os vídeos publicados pela fanpages.

Pesquisas apontam que, quando o som começa a tocar inesperadamente, 80% dos usuários do Facebook reagem negativamente e rolam a página para outra postagem. Esta é a principal razão pela qual os vídeos silenciosos tendem melhor desempenho na rede social.

Você deve imaginar que um vídeo sem som não faz muito sentido. E é difícil para os profissionais de marketing e comunicação transmitirem suas mensagens em silêncio. Por isso, as legendas se tornaram muito importantes.

Você pode importar um arquivo SRT e colocar legenda em seus vídeos, mas desde outubro passado, o Facebook disponibiliza a ferramenta de “auto-caption” para todas as páginas. Hoje, a maioria delas pode usar este recurso.

A ferramenta é alimentada pelo software de reconhecimento de voz do Facebook. Na maioria das páginas ele está localizado no canto direito. E, claro, é possível revisar e editar as legendas geradas automaticamente antes de publicar seu vídeo. Observe que também é possível adicionar legendas automáticas aos vídeos que você já publicou.

Para adicionar legendas de forma automática, vá à sua biblioteca, selecione o vídeo que deseja editar e clique em “legendas”. Se sua página já tem este recurso ativado, o botão “gerar” já deve estar disponibilizado.

Com informações do site Sniply

pagina-facebook-empresas

6 passos para criar uma página no Facebook

O Facebook se tornou a rede social mais popular do mundo e, para as empresas é uma das maiores ferramentas de comunicação e relacionamento com o público.

Entretanto, apenas estar presente na rede social com uma página, sem atualizá-la com conteúdos e responder comentários de seus seguidores não trará resultado nenhum para a empresa. É preciso fazer ações a fim de posicionar a marca de maneira correta e criar um relacionamento eficiente com os seguidores.

Para usar o Facebook para a sua empresa, você deve saber que deve criar uma página para o negócio e não um perfil como usamos em nossas contas particulares. Depois disso, siga estes seis passos:

1- Foto de capa e perfil

A foto de perfil será a principal imagem da empresa, pois vai aparecer toda vez que compartilhar algum conteúdo no feed de notícias.  É recomendável usar o logo mais atualizado da marca. O tamanho da foto é padrão, quadrada, 180x180px.

Quando alguém acessar a página da empresa, logo vai ver a imagem de capa. Aqui vale colocar algo que represente o seu negócio. O tamanho mínimo é de 851x315px. O ideal é deixar no tamanho certo para que nenhum elemento fique cortado.

Na imagem de capa vale também usar a criatividade e colocar alguma oferta, visões da empresa, apoio a uma causa ou slogan do negócio.

2- Sobre a empresa

Na seção “sobre” é possível colocar diversas informações sobre a empresa, como contato, endereço, telefone, email, site e outros dados importantes.

Nesta seção também é possível definir um nome de usuário para personalizar a URL e criar uma página no Facebook mais profissional, como por exemplo: http://www.facebook.com/NomedaEmpresa.

3- Outras informações

Em outra aba, “configurações”, é possível definir mais informações, como o público-alvo, adicionar administradores da pagina, etc.

4- Outros elementos da pagina

Há três colunas que você vai observar depois de criar uma pagina no Facebook:

  • A coluna da esquerda é fixa, então, ao rolar a página, o usuário continua vendo o logotipo, nome, atalho para a página de “sobre” e para os vídeos, dentre outros itens;
  • Na coluna do meio ficam a foto de capa, os insights semanais e os posts da timeline;
  • Na coluna da direita estão a caixa de “sobre”, vídeos da página, eventos etc. Ao contrário de versões anteriores das páginas do Facebook, nessa coluna não aparecem mais anúncios de outras empresas, para que não disputem a atenção do usuário com a sua empresa.

5- Botões Call-to-Action

Abaixo da imagem da capa, o Facebook disponibiliza botões de Call-to-Action para incentivar pessoas a realizarem ações importantes na página.

Existem diversas opções de botões, como: “fazer reserva agora”, “ligar agora”, “comprar agora”, “assistir vídeo”, “enviar email” etc.

Para adicionar o botão Call-to-Action, siga as instruções:

  • Abaixo da sua foto de capa, clique na opção “adicionar um botão”;
  • Depois escolha a chamada que você quer e preencha os dados relacionados a ela (“compre agora”, “assine aqui”, “entre em contato” etc.);
  • Clique em “criar”.

6- Abas personalizadas

No Facebook também é possível criar abas personalizadas ou categorias. Elas ficam localizadas abaixo da foto de perfil, na mesma lista de “página”, “sobre”, “vídeos”, “fotos”, etc. São quase 30 opções para escolher.

Essa ferramenta pode ser uma grande aliada para seu negócio, pois estas abas ajudam as pessoas a encontrarem informações. Por exemplo, quando alguém busca por restaurantes no Facebook, um estabelecimento que ofereça em sua página uma aba com cardápio pode sair na frente na hora de conseguir clientes.

Estes são alguns passos para que você crie uma página no Facebook, faça boas ações de Marketing Digital e consiga resultados positivos para seus negócios.  Fique atendo às novas tendências da rede social para usar o máximo de opções e estabelecer ótimos relacionamentos com o seu público.

Com informações do site Resultados Digitais