Posts

marketing digital para pequenas empresas

Marketing Digital para pequenas empresas: 5 motivos para contratar uma agência

O Marketing Digital para pequenas empresas se torna, a cada dia, mais essencial. Até pela sobrevivência do negócio. E, muitas vezes, o grande desafio do micro ou pequeno empreendedor é saber como explorar todo o potencial da Internet. Por isso que contar com uma agência especializada é, sem dúvida, o melhor caminho.

A dificuldade de tornar um novo negócio conhecido no mercado impacta diretamente nos resultados. Como fazer uma divulgação de forma eficaz, sem comprometer o orçamento da empresa que está apenas começando? E mais: como encarar o novo mundo do Marketing Digital, que inclui a força das redes sociais e o poder de alcance da Internet?

Um dos grandes erros do pequeno empreendedor é imaginar que ele pode cuidar do Marketing Digital da sua empresa. Ou então passar a tarefa de cuidar das redes sociais, por exemplo, para um filho ou sobrinho “que sabe mexer em computador”. Hoje isso não basta. É necessário ter ajuda profissional.

Marketing Digital para pequenas empresas: a solução está ao seu alcance

Empreender requer uma série de habilidades e atribuições. É preciso planejar, calcular custos, analisar riscos, tomar decisões rápidas e lidar com diversas demandas ao longo do dia.

Surge, então, mais uma questão: como conciliar todas essas atividades e ainda investir tempo para divulgar seus produtos ou serviços? Não, a comunicação não pode ser deixada de lado. Sem ela, as chances de um negócio naufragar são grandes.

Veja alguns motivos para contratar uma agência de Marketing Digital para pequenas empresas:

Serviço profissional: ao escolher uma agência estabelecida no mercado, o empreendedor profissionalizará esta demanda. Lembre-se: ter conhecimento como usuário de redes sociais não basta. É preciso saber como usar esses canais incríveis de forma estratégica e de maneira que gere retorno.

Estratégias eficazes: é preciso estabelecer os caminhos que serão percorridos para alcançar os objetivos traçados. Sem estratégia e planejamento, não há resultados.

Criação de anúncios: muitos imaginam que é simples fazer uma campanha nas redes sociais. Afinal, à primeira vista, é isso mesmo que parece. No entanto, para ter resultados eficazes, inclusive com campanhas (anúncios), é necessário conhecer a fundo como tudo funciona. Caso contrário, será dinheiro jogado no lixo.

Segmentação do público: cada vez mais é preciso conhecer seu público para atingi-lo diretamente. Ao contratar uma agência, você focará apenas no perfil que interessa ao seu negócio.

Geração de leads: antes mesmo de fazer vendas, é fundamental gerar leads (potenciais clientes). E, infelizmente, a geração de leads ainda é malfeita (ou até desconhecida) por muitos pequenos empreendedores.

Quanto custa uma agência de Marketing Digital para pequenas empresas?

Primeiro, é fundamental que o empreendedor encare este tipo de serviço profissional como um investimento, não um custo. Além disso, imaginar que o valor a ser pago é alto, pode te surpreender. Na minha agência, a RZT Comunicação, oferecemos planos especiais de Marketing Digital para pequenas empresas.

Sabemos da realidade de um microempreendedor e, por isso, elaboramos projetos compostos por diversas fases. Tudo isso para adequar o investimento mensal ao budget do cliente.

Almir Rizzatto é jornalista e pós-graduado em Comunicação Empresarial, Relações Públicas e Marketing. É fundador da agência RZT Comunicação, palestrante, instrutor, consultor e especialista em Marketing Digital. Através da RZT, oferece soluções para profissionais liberais e empresas de todos os portes, além de cursos como os de Marketing Digital e SEO.

*Imagem: divulgação

velocidade de carregamento do site

Descubra porque a velocidade de carregamento do site é fundamental

A velocidade de carregamento do site deve ser uma preocupação constante de qualquer negócio, principalmente dos menores. Entenda o porquê este processo é tão importante para o sucesso da empresa.

Quem tem um pequeno negócio busca visibilidade no mundo digital e, para isso, é preciso ter em mente, ao menos, dois fatores fundamentais: o ranking do Google e a popularização do acesso à internet via celular.

No primeiro caso, é importante saber que o bom desempenho da página é um dos fatores considerados pelo Google para melhor posicionar o site na lista de buscas, auxiliando, assim, a estratégia de SEO.

Já o segundo ponto a ser lembrado é que a qualidade da internet móvel no Brasil ainda é ruim. Apesar disso, em 2016, 94,6% dos internautas brasileiros usavam a rede pelo aparelho.

Mas não são só estes os pontos a serem observados. Há outros motivos para investir na velocidade de carregamento do site, entre eles:

– Com a sociedade cada vez mais veloz, os usuários não têm tempo, nem paciência para esperar o site carregar;

– Está comprovado: sites mais rápidos, geram mais negócios;

– O Facebook (principal rede social do momento) tem uma política para penalizar sites lentos;

– Cada segundo de velocidade a mais será um ponto positivo a seu favor.

Como verificar a velocidade de carregamento do site?

Desde 2017, o Google oferece uma ferramenta chamada PageSpeed Insights que leva em consideração dados reais de todo o mundo para analisar a performance das páginas.

Estas informações têm como base um relatório de experiência dos usuários do navegador próprio do Google, o Chrome.

A ferramenta tem 3 pontuações:

De 0 até 59 pontos;
De 60 até 79 pontos e
De 80 pontos ou mais.

Além de pontuar, as páginas são classificadas em 3 cores: vermelho, amarelo e verde, respectivamente e recentemente receberam 3 nomes: ruim, média e boa.

Para finalizar, é preciso recapitular: sites com velocidade de carregamento rápida geram benefícios para o negócio e, por isso, o trabalho de performance deve ser uma constante.

A competitividade do negócio está atrelada à velocidade da página na internet. Lembre-se: o usuário não tem tempo de esperar que ela carregue.

Com informações do Apiki Blog