Posts

A importância de se comunicar bem

Armas de comunicação: persuasão, oratória e carisma

A persuasão é um recurso de comunicação usado para convencer as pessoas sobre alguma ideia, uma atitude ou praticar uma ação. Esse convencimento é feito sob o uso de argumentos lógicos ou de apelo emocional.

No mercado de trabalho, a persuasão se torna um fator essencial para se destacar, mostrando suas crenças e valores para a empresa que você atua, clientes e fornecedores. Junto à credibilidade, atitudes que geram sentimentos positivos e o conhecimento de valores do outro, você conseguirá ser persuasivo e influenciar o outro de maneira saudável.

Além da persuasão, o carisma é fundamental para quem quer dominar a arte da persuasão. Pessoas carismáticas sorriem com facilidade, dizem o que o ouvinte quer escutar, transmitem energia positiva, falam com clareza e objetividade, são alegres e demonstram confiança.

Para melhorar o seu nível de persuasão e carisma, no entanto, é necessário dominar algumas técnicas de oratória. Selecionamos alguns exercícios fáceis para você praticar em sua casa:

1- Leia notícias em frente ao espelho como se fosse um apresentador ou locutor de rádio. Interprete textos e poemas, com entonação e vozes diferentes. Se possível, grave seu exercício para analisar seu gestos, postura e voz;

2- Assista a filmes e preste atenção aos diálogos, movimentação dos atores em cena, expressão facial e tom de voz;

3- Nos telejornais, perceba como a voz dos apresentadores junto à postura e outros recursos audiovisuais se casam, dizendo muito em pouco tempo;

4- Em comerciais de TV, analise os argumentos de venda utilizados para o convencimento;

5- Assista a seminários, cursos e palestras para aprender técnicas de comunicação;

6- Pague micos e dê risada. Cante num karaokê com amigos, veja uma boa comédia e aproveite o lado lúdico da vida.

A persuasão e o carisma do emissor da mensagem são partes de uma comunicação bem estruturada. Comunicando-se melhor, há mais chances de se conquistar o emprego desejado ou mesmo manter a sua posição atual.

(Com informações do iBahia)