Posts

arquitetura da informação

Descubra o que é a arquitetura da informação e como ela pode ser útil

Para falar de arquitetura da informação, é preciso voltar um pouco no tempo. Se você tem mais de 30 anos com certeza se lembra de como era navegar na internet no começo dos anos 2000.

Como a tecnologia estava iniciando naquela época, os sites tinham poucos recursos e a navegabilidade era terrível. No entanto, os anos passaram e o avanço tecnológico tomou uma proporção exponencial.

Hoje, a quantidade de informações ao qual somos expostos é imensurável. Para administrar este excesso de dados é preciso que o conteúdo apresentado esteja estruturado.

É neste contexto que a arquitetura da informação se faz presente. Do inglês, Information Architecture, ou simplesmente IA, este conceito tem utilidade prática no cotidiano de todos.

Arquitetura da informação auxilia a organizar os dados

A evolução da tecnologia caminha a passos largos, mas, antes de tudo, é preciso analisar que o ser humano ainda tem um cérebro analógico, ou seja, por mais que haja novidades high-tech a cada minuto, as pessoas precisam de tempo para captar e entender o que vem acontecendo na sociedade.

Para auxiliar neste processo, diversos profissionais vêm trabalhando nas equipes de desenvolvimento de sites e aplicativos para oferecer a melhorar experiência ao usuário.

Responsáveis por criar ativos digitais úteis e intuitivos, designers, produtores de conteúdo e analistas de experiência do usuário atuam para oferecer a melhor estrutura possível, para que as pessoas consigam encontrar aquilo que buscam em um site.

A arquitetura da informação apresenta uma estrutura facilmente compreensível com lógica simples e é necessário que seja levada em consideração a possibilidade de interação.

A importância da arquitetura de informação para o seu negócio

Inicialmente, o assunto pode parecer algo futurista e sem conexão com a realidade, mas a arquitetura da informação é atualmente uma necessidade básica de qualquer empresa.

O investimento neste tema se faz necessário pelo fato do usuário buscar uma boa experiência ao navegar pelo seu site. Caso não encontre as informações organizadas de maneira positiva, o possível cliente vai procurá-las em outra página.

Não se esqueça: vivemos na era da informação abundante e você precisa prender a atenção do seu visitante.

Há outro problema relacionado à navegabilidade ruim: a experiência negativa do usuário. Caso ele venha a se sentir mal, enquanto utiliza o seu site, o visitante pode atrelar este momento à marca do seu produto.

Como dito anteriormente, o fluxo de informação nos dias atuais só cresce. Por este motivo é preciso estar atento a todas as transformações e buscar ficar atualizado com as novidades que surgem a cada momento.

*Com informações do Marketing de Conteúdo

*Imagem: divulgação

reutilizar o conteúdo do blog

5 maneiras para reutilizar o conteúdo do blog

Reutilizar o conteúdo do blog pode ser uma ótima alternativa para os profissionais de comunicação. Com o crescimento do Marketing Digital, as marcas produzem diferentes materiais o tempo todo para ganharem destaque. E, inovar nessa área se torna um desafio cada vez maior.

Em meio a essa pressão por manter as plataformas digitais sempre atualizadas, reaproveitar um conteúdo que teve grande aceitação pelo público pode ser uma ótima sacada.

Descubra 5 dicas para reutilizar o conteúdo do blog:

1- Postar nas redes sociais

Publicar os conteúdos do blog nas redes sociais é uma forma de trazer mais visibilidade para o seu material. Você pode montar um pequeno texto de introdução e colocar o link que levará o usuário direto para a página do artigo.

Isso permite que as pessoas curtam e também compartilhem em seus perfis, ajudando o seu blog a ter um alcance maior.

No LinkedIn existe um recurso apenas para postar artigos. Esse pode ser um segundo canal para publicar o seu material na íntegra. Não deixe de aproveitar todas as oportunidades que as mídias oferecem.

2- E-books

Aqui você pode reunir dois ou até mais outros conteúdos para montar um eBook. Uma dica é usar artigos com um mesmo tema e unir em um só material.

Além de reutilizar mais de uma publicação, você também pode usar esse eBook como isca para landing pages, oferecê-lo no email marketing, entre outras ações.

3- Áudio

O áudio é outro formato de conteúdo que vem crescendo no Marketing Digital. Com a falta de tempo para ler, ouvir os materiais escritos tem ajudado os usuários a consumir mais informações.

Você pode incluir em sua estratégia de comunicação a transformação de alguns de seus artigos em áudios. Desse modo, não perde visitantes por falta de tempo e poderá agregar novos internautas que procuram esse modo de informação.

4- E-mail Marketing

É interessante incluir no e-mail marketing alguns dos materiais publicados no seu blog. Você pode escolher aqueles que completam o tema da mensagem ou a novidade da semana.

Compartilhar conteúdo no e-mail marketing ajuda a aumentar a visibilidade dos seus materiais, pois, assim, você leva até o leitor as informações que ele perdeu ou ainda não teve tempo de conferir na página do seu blog.

5- Vídeos

Temos falado bastante desse assunto aqui no blog, mas vale a pena reforçar. Assim como os áudios, você pode transformar artigos em vídeos. Isso permite deixar o blog mais dinâmico e, ao mesmo tempo, reaproveitar um material já publicado.

Ao mesmo tempo em que é necessário produzir novos conteúdos para atualizar o seu blog, também é possível reaproveitar o que já foi feito de melhor. Use essa dinâmica e permita que seus visitantes consumam as informações da maneira que for melhor para cada um.

Com informações do Hubspot

Marketing de conteudo

3 maneiras para inovar na produção do Marketing de Conteúdo

Atualmente, grande parte das empresas trabalha com o Marketing de Conteúdo. Seja para promover sua imagem, produtos e serviços, ou para se relacionar com o cliente, se tornou fundamental produzir materiais que interessem aos consumidores e criem oportunidades de negócio.

Mas, assim como as outras estratégias de Marketing Digital, também é preciso inovar nas ações de Marketing de Conteúdo para se destacar entre a concorrência.

Confira 3 dicas para produzir Marketing de Conteúdo:

 1- Conteúdo para a formação da imagem da marca

Cada material publicado é uma parte importante para a formação da imagem da empresa. Por isso, é preciso fazer pesquisas e abordar temas que sejam interessantes tanto para o público, quanto para a estratégia da marca.

Depois de produzi-lo, é hora de decidir em quais canais divulgá-lo. Além do seu site ou blog, é interessante que ele apareça também nas redes sociais. Mas, aqui, vale aquela recomendação de investir esforços somente nas mídias em que o seu público-alvo realmente use.

2- Interatividade com os consumidores

Mais que apenas consumir informações, o público hoje busca poder interagir com as marcas, fazendo perguntas e dando opiniões. Formatos que permitem a participação dos internautas, como os webinars, são ótimos exemplos de conteúdo para criar esse diálogo. Você também pode usar Q&A integrados, enquetes e etc.

3- Reaproveite outros conteúdos

Além de produzir frequentemente novos materiais para a sua empresa, você também pode reaproveitar outros formatos que foram bem aceitos pelo público. Por exemplo, transcrever um vídeo para que o tema seja publicado em forma de artigo, ou abordar uma questão que faça parte de um eBook.

Assim, você publica de outras formas assuntos que trouxeram visibilidade para a sua marca e alcança outras pessoas.

Inovar nas estratégias de Marketing Digital é importante para a imagem da marca. Todos os dias, milhares de empresas tentam chamar a atenção do consumidor e, para serem reconhecidas, é necessário fazer ações que sejam realmente interessantes para o público.

Com informações do Mundo do Marketing

digital composite of business graphics with office background

Produção de conteúdo: 5 fatores que devem ser levados em conta

O Marketing Digital revolucionou a área da comunicação nas empresas. Diversas tendências foram incorporadas às estratégias do mercado e o modo da produção de conteúdo e de se relacionar com o público também passou por transformações.

Nos blogs, sites, redes sociais e outras plataformas digitais o conteúdo é fundamental, pois é a pratica que leva informação para os visitantes da página, clientes e prospects.

A forma de escrever conteúdo deve ser pensada de uma forma que atinja o público-alvo e faça o site aparecer nas primeiras posições dos buscadores.

Listamos abaixo 5 fatores que devem ser levados em conta na hora de produzir conteúdo para as plataformas digitais:

1- Defina o público-alvo

Ao escrever um conteúdo você deve saber exatamente com quem e como vai falar. Quando deseja atingir um público-alvo, as informações devem ser direcionadas para os interesses dele, caso contrário, sua estratégia pode não dar certo.

2- Palavras-chave

As palavras-chave são aquelas que juntas resumem o assunto abordado. São fatores importantes para que seus posts e artigos sejam encontrados nos resultados dos buscadores. Devem estar presentes principalmente no título e no começo dos textos.

3- Títulos

O título será a chamada para a divulgação e estará presente na URL do site, por isso é de grande importância para que suas publicações sejam facilmente encontradas e chame atenção dos leitores.

4- SEO

O conceito de SEO se tornou fundamental para as publicações. São palavras-chave que podem ser responsáveis pelo aumento do tráfego em suas páginas. Essa prática otimiza o site e ajuda a alcançar mais visitas.

As palavras usadas como SEO não devem ser muitas, no máximo duas. Elas devem estar presentes na URL da página da publicação, no título e no corpo do texto.

5- Veiculação

Depois de pronto, publique seu post nos canais mais usados pelo seu público-alvo. Pesquise em quais redes sociais eles estão mais presentes e compartilhe também no blog de seu site. Seguindo estes passos suas publicações poderão ser encontradas facilmente nos resultados dos buscadores.

Com informações do blog Comunique-se