Posts

público conectado

6 maneiras de manter o público conectado com a sua empresa

Manter o público conectado com a sua empresa é fundamental para as estratégias de conversão em leads e vendas. E, estabelecer um relacionamento não é algo fácil, pois são necessárias diversas ações por parte da equipe de comunicação.

No entanto, existem práticas eficientes que podem ser realizadas pelas marcas para deixá-las próximas ao público.

Veja 6 estratégias para manter o público conectado com a sua empresa:

1- Estude o seu público

As pessoas vão se aproximar da sua marca a partir do momento que elas sentirem uma identificação. Por isso, é importante estudar os perfis das pessoas que você deseja atrair.

Descubra quais são os interesses e o que elas buscam antes de promover qualquer ação. Isso vai garantir que as suas estratégias caminhem para a direção certa e você conseguirá atingir os objetivos mais rapidamente.

2- Faça um cronograma para suas estratégias

É importante definir um cronograma para organizar cada fase das ações colocadas em prática. Assim, você analisa o comportamento dos clientes ao longo de cada campanha que está sendo feita para criar o relacionamento.

O objetivo é estabelecer um processo e não perder o foco, desde o primeiro contato, até o pós-venda.

Entre as etapas deste processo, podemos citar a identificação da persona, contato, interação por meio de conteúdo e as soluções para seus problemas.

3- Escute o que seu público tem a dizer

Uma das melhores maneiras para estudar o seu público e produzir conteúdos relevantes é ouvi-lo.

Ao entender as necessidades das pessoas, você conseguirá fazer ações mais assertivas e, assim, chamará mais a atenção do público-alvo.

4- Utilize um software para guardar dados

O CRM (Customer Relationship Management) é uma ótima solução para armazenar informações e disponibilizá-las quando for necessário.

É impossível lembrar as características de cada pessoa, e, pelo fato de ser necessário entender o público-alvo, manter um software para guardar todos os dados necessários é uma estratégia fundamental.

5- Não padronize o seu público

Uma das principais exigências dos clientes atualmente é o atendimento personalizado. Eles querem se sentir únicos e, para isso, é importante adequar todas as estratégias para cada perfil.

6- Mantenha a comunicação em todos os momentos

Assim como é importante fazer a comunicação antes da compra do consumidor, também é fundamental o contato pós-venda. Você não pode deixar de se relacionar com ele porque já atingiu seu objetivo. Pelo contrário.

Quanto mais próximo do consumidor após ele ter realizado a compra, maior a chance de ele voltar a consumir seus produtos. Por isso, o relacionamento pós-venda é uma estratégia tão importante para manter o público conectado com a sua marca.

Com informações do Mestre do Adwords

segmentar-publico

5 maneiras de segmentar o público para realizar campanhas

Segmentar o público é uma das ações mais certeiras para divulgar uma campanha. E, hoje, as análises de dados permitem que as marcas conheçam o perfil e comportamento de seus clientes e leads.

Essas informações pessoais de cada pessoa são fundamentais para as empresas montarem uma estratégia de divulgação. Conhecendo os hábitos e preferências de cada uma, é possível fazer campanhas personalizadas para os diferentes perfis.

Se você ainda encontra dificuldades para fazer a segmentação do seu público, listamos cinco tipos que podem trazer grandes resultados. Confira:

1- Segmentação por produto

Quando uma pessoa demonstra interesse em um determinado tipo de produto (botas, jaquetas de couro, calças jeans, por exemplo), é possível criar campanhas com estes produtos selecionados para quem os procurou especificamente.

Pelas campanhas você pode sugerir lançamentos, promoções e descontos especiais, por exemplo.

2- Comportamento do usuário

É possível fazer campanha tanto para usuários que compraram recentemente em seu site, quanto para as pessoas que não o visitam há algum tempo. Para ambos, esta estratégia tem o objetivo de manter contato com o público, direcionando produtos similares aos que compraram ou descontos exclusivos para eles.

Desse modo, sua marca se mantém ativa e tira a atenção dos concorrentes.

3- Segmentação por valor de produto

Para fazer com que seus clientes comprem produtos com valores maiores, é possível direcionar campanhas selecionando opções com o mesmo preço ou mais caras, baseando-se nas últimas peças que eles tenham visto.

4- Campanhas por inscrições

Você também pode selecionar os clientes da página que ainda não se inscreveram para receber suas newsletters. Use os dados fornecidos no momento da compra e direcione uma campanha personalizada para que eles se inscrevam em seu site.

É importante ter em sua lista de contatos todos os seus clientes, para manter o relacionamento e enviar campanhas sobre seus produtos e promoções.

 5- Segmentação por dispositivo

Saber por qual dispositivo os clientes acessam o seu site é interessante, pois, assim, é possível direcionar as campanhas para diferentes plataformas (computador, celular, tablet).

As campanhas devem ser desenvolvidas para os diversos dispositivos, para que seus clientes possam vê-las pelas plataformas que mais utilizam.

Com informações do Próxxima

Business executives discussing with their colleagues on whiteboard during meeting at office

10 segredos de sucesso dos grandes oradores

Falar em público é uma das estratégias de comunicação ainda não muito bem desenvolvidas por muita gente, mesmo após um Media Training. É normal que haja dificuldade para falar em público e esta técnica só é aprimorada com o tempo, treino e prática.

Por outro lado, algumas pessoas já nascem com o dom de falar em público e, ao longo do tempo, aprimoram suas técnicas e fazem apresentações cada vez melhores. Elas têm 10 segredos que revelamos aqui para que você também consiga desenvolver a sua oratória. Confira:

1- Fale sobre o que entende

Quando for convidado para uma palestra, aula, curso, workshop ou qualquer evento deste tipo, avalie se o tema é de seu domínio. Não é necessário ser expert no assunto, mas precisa ter conhecimento para passar a mensagem para o público.

2- Desenvolva autoconfiança

Este é um dos principais segredos dos bons oradores. Quando você acredita em seu conhecimento e em sua capacidade em dominar o tema, certamente conseguirá transmitir a mensagem e ganhar o respeito do público.

3- Treine sua apresentação

Antes do grande dia, treine sua apresentação. Pode ser sozinho, mas, se mostrar para a família e amigos, será mais fácil fazer uma avaliação e corrigir os pontos que forem necessários.

4- Assista suas apresentações

Se possível, grave o treino de sua apresentação ou uma palestra anterior para que você mesmo encontre os defeitos que devem ser corrigidos.

5- Aprenda a usar sua voz

Sabendo usar, a voz se torna uma aliada de nossas apresentações. Existem técnicas vocais para aprimorá-la. Trabalhe sua entonação, articulação, respiração e ritmo de fala para conquistar o público. Procure ajuda de um profissional, caso seja necessário.

6- Cuide de sua imagem pessoal

Um fator para a autoconfiança é gostar da própria aparência. Quando estamos bem conosco, refletimos isso para os outros e ganhamos mais respeito e admiração. E isso é um elemento importante para fazer uma boa apresentação. Invista em boas roupas, cabelos arrumados, boas maquiagens, barbas bem-feitas.­­­ Coloque seu discurso na ordem: introdução, desenvolvimento e conclusão. Dessa forma, não haverá erro.

7- Organize suas ideias

Escreva em tópicos todos os assuntos que serão abordados em sua apresentação. Coloque seu discurso na ordem: introdução, desenvolvimento e conclusão. Dessa forma não haverá erro.

8- Busque uma inspiração

Na história existiram grandes oradores que moveram multidões com boas e más intenções. Mahatma Gandhi, Hitler, Martin Luther King, Nelson Mandela, Steve Jobs, Barack Obama, Getúlio Vargas, Silvio Santos. Tente se identificar com alguma personalidade e use suas características como exemplo para as suas apresentações.

9- Tenha autoconhecimento

Conhecer sua própria personalidade é um grande poder. O seu tipo comportamental do dia a dia não pode mudar diante da plateia. Você deve levar suas características para o palco e fazer delas parte de sua estratégia de oratória. Se for uma pessoa mais divertida, assim será a sua apresentação, da mesma forma que será séria e objetiva se este for o seu perfil.

10- Conheça o seu público

Outro segredo de ouro dos grandes oradores. Quando for convidado para uma palestra, avalie o local, a quantidade de pessoas, idade, gênero, nível de escolaridade, cultura. Busque o maior número de características possível para adaptar sua linguagem e se aproximar das pessoas.

Com informações do blog Studio 3 Comunicação

dicas-conteudo

5 dicas para produzir conteúdos mais interessantes para seu público

Adotar estratégia de conteúdo para atrair visitantes, convertê-los em leads, relacionar-se com eles e transformá-los em clientes é uma das práticas mais comuns do Marketing Digital atualmente.

Para que traga resultados é preciso que o conteúdo esteja relacionado ao que o seu público esteja buscando. Por isso, contratar uma equipe para produzir posts e publicar artigos em sites e blogs não é o bastante se o material não for desenvolvido para um grupo de pessoas específico.

Entretanto, muitas empresas ainda não entenderam este propósito e o investimento acaba saindo caro. Para que isso não aconteça e o Marketing Digital passe a ser um grande aliado das empresas, damos aqui quatro dicas para que você acerte no conteúdo para o seu público:

1- Levante ideias de pauta com a sua equipe

Antes de profissionais de marketing, sua equipe é formada por pessoas que usam sites de busca para encontrarem o que desejam. Sendo assim, faça reuniões frequentes para obter temas que sejam interessantes abordar.

Além do time de marketing, consulte também outras equipes e ouça quais são as suas reclamações, de seus clientes e prospects a respeito do seu negócio.

2- Responda dúvidas de seus clientes

Uma das utilidades que as pessoas veem nos mecanismos de busca é a possibilidade de fazer perguntas. Por isso, aproveite as principais dúvidas em relação ao seu mercado – elas podem servir de ideias para seu conteúdo.

Uma forma de identificar as dúvidas é lendo os comentários nas redes sociais e blogs da empresa, mensagens privadas e emails.

Outra maneira é fazer debates e pesquisa de opinião para identificar o que o público mais precisa conhecer sobre a empresa e suas principais dúvidas.

3- Traga a solução dos problemas

Outra forma bem comum de as pessoas fazerem pesquisas nos mecanismos de busca é tentando resolver um problema – aquelas frases que começam com “como fazer”.

Por isso, abordar assuntos em formato de tutorial ou passo a passo pode ser uma boa ideia para solucionar problemas da sua audiência.

Ao entender quais são os problemas de sua audiência, documente todos eles e responda-os em posts no blog de sua empresa ou em materiais educativos.

4- Pense em temas únicos

Caso o tema para qual você escreve já tenha sido bastante explorado, inove no conteúdo. Faça artigo com listas, glossários, relatos de experiência e aprendizado. Fuja dos textos comuns e alterne com gráficos, webinars ou podcasts.

5- Publique onde as pessoas buscam

Não adianta produzir um material de qualidade se você não o disponibiliza nos canais em que está o seu público-alvo. Por isso, descubra quais redes sociais e canais as pessoas acessam e divulgue por eles o seu material. Anúncios podem ser uma ótima opção para turbinar a sua divulgação.

Mais uma vez mostramos o quanto vale a pena investir em conteúdo como estratégia para atrair leads. Entretanto, é preciso estudar o seu público para entender o que ele realmente quer saber e onde encontrá-lo. Faça uma pesquisa sobre o seu mercado e torne esta prática uma grande aliada de seu negócio.

Com informações do blog Resultados Digitais

segmentacao-publico-comunicacao

Segmentação do público é fundamental para uma comunicação efetiva

Apesar do objetivo da comunicação ser o de atingir um grande número de pessoas, a segmentação do público é uma das estratégias principais das organizações. Por muito tempo, o foco era trabalhar a imagem no produto, mas hoje, percebemos que o que funciona mesmo é conversar diretamente com o consumidor.

A segmentação já é usada por todos os meios de comunicação, mas sua prática é mais forte na internet, onde ferramentas de marketing digital, como o Google Adwards, permitem a criação de campanhas voltadas para públicos específicos.

Quando foca em personas específicas, a comunicação tem características próprias, como o vocabulário, o tema envolvido e os meios que utiliza. E, apesar de atingir um número bem menor de pessoas, trabalha de uma forma direcionada e planejada, com investimentos reduzidos, mas resultados eficientes.

É comprovado que as mensagens enviadas apenas para um grupo específico têm maiores taxas de aberturas e cliques. O destinatário percebe que a publicação é voltada para seus interesses e a considera como um benefício, pois o conteúdo foi produzido com qualidade e atende às suas expectativas.

Para que seja possível fazer uma boa segmentação do público da marca, estas são algumas sugestões de grupos:

  • Faixa etária;
  • Sexo;
  • Cidade;
  • Aniversário;
  • Histórico de comportamento junto à empresa;
  • Consumo de produtos;
  • Interesses, gerais ou específicos;
  • Frequência de compra;
  • Interação com a organização;
  • Ou qualquer categoria relevante para a empresa cuja informação de segmentação tenha sido coletada pelo CRM.

Assim, os clientes interagem com as publicações de modo mais efetivo, abrindo os emails, entrando nos sites mais frequentemente e realizando a compra dos seus produtos e serviços.

As marcas de e-commerce são as maiores adeptas da comunicação segmentada, principalmente para o envio de email marketing. E a mesma lógica pode ser usada por empresas de áreas, para se alinhar exatamente aos interesses de cada cliente.

É importante que organizações de qualquer tamanho ou setor trabalhem melhor a abordagem com seus consumidores, oferecendo os conteúdos certos para cada um. Esta estratégia tornará a comunicação mais clara e o público mais próximo e interessado.

Com informações do portal Comunique-se

blog-12-10

A quem se dirige a comunicação empresarial?

A comunicação empresarial se tornou uma área indispensável. Ela se responsabiliza pela imagem da marca até o contato com colaboradores e consumidores. E por fazer um trabalho tão amplo, muitas pessoas se perguntam qual o verdadeiro público com quem o setor realmente deve conversar e trabalhar para que consiga um resultado eficiente.

Cada empresa tem um público específico e isto pode ser definido pelo setor em que atua e a quem seus produtos e serviços interessam. E para facilitar o entendimento de quem não é familiar com a área, separamos os principais grupos com quem a comunicação empresarial deve conversar:

Público interno

Colaboradores, fornecedores e parceiros são um dos principais públicos a quem a comunicação deve se dirigir. Toda empresa depende deste trabalho para manter todos bem informados sobre o que acontece internamente.

Além de informar, o papel da comunicação interna é ouvir sugestões e prezar pela harmonia entre as equipes para que todos se entendam e consigam trabalhar juntos nos projetos da empresa.

Público Externo

Neste grupo se encaixam todas as pessoas: cidadãos, consumidores e não consumidores. É um trabalho muito importante para a imagem da empresa, pois é responsável pelo posicionamento da marca em diversas situações que possam envolvê-la e transmitir suas mensagens.

Também se responsabiliza pelos canais de contato com o consumidor (principalmente pelo site e redes sociais) e dar atenção a todos, para que continue ouvindo e cativando seus consumidores e conquiste as outras pessoas que ainda não são adeptas da marca.

Autoridades e Sindicatos

Outra função muito importante da comunicação empresarial é prestar contas com as autoridades, governo e órgãos como sindicato de trabalhadores.

É fundamental a comunicação de uma empresa conhecer seus diferentes tipos de público para saber transmitir a mensagem na linguagem certa para cada um e atingir bons resultados por meio das informações. Ela retira, ainda, todas as dúvidas e deixa clara a posição da empresa e sua imagem diante o mercado em que atua.

Com informações do site Sambatech

apresentação

Como lidar com uma apresentação ruim

A dificuldade de falar em público para a maioria das pessoas deve-se, principalmente, pelo medo de errar. Estar diante da plateia nos deixa vulneráveis, nervosos e qualquer equívoco podem nos desestabilizar e acabar de vez com a nossa apresentação.

É importante saber que qualquer um está sujeito a fazer uma má apresentação. Mesmo depois de muito treino e ter decorado todo o conteúdo, o discurso pode não sair como planejávamos. Isto é normal.

Caso aconteça alguma vez com você, listamos aqui 6 técnicas para saber lidar com a situação:­

1- Reconheça o erro

Se não influenciar em sua performance, você pode fingir que nada aconteceu. Erros de pronúncia, troca de palavras e frases confu­­­­sas muitas vezes podem passar despercebidos e não alteram em nada o sentido de seu discurso.

Mas, se seu erro comprometer o entendimento de sua ideia, o público vai notar e não adianta fingir que nada aconteceu. Por isso, reconheça que errou, peça desculpas e explique o que realmente quis dizer.

2- Seja humano

Se precisar, ria. Faça uma pausa. Recupere o fôlego, beba um copo d’água. O público entenderá o seu erro, afinal, todos já podem ter passado por algo parecido. Sabendo lidar de forma humana e voltar ao seu discurso de cabeça em pé conquistará o público.

3- Relaxe

O nervosismo para falar em público é normal. Mas não deixe que isso tome conta de você. Tente relaxar antes da apresentação. Quanto mais tranquilo fizer seu discurso, menos erros cometerá.

4- Recupere sua confiança

Você deve ter treinado bastante antes de se apresentar. Mas, como sempre, as coisas não saem exatamente como esperamos. Não deixe que os imprevistos te desanimem. Lembre-se de todas as vezes que teve sucesso em sua oratória. Quanto mais confiança tiver, mais credibilidade passará para as pessoas.

5- Avalie sua técnica

Procure gravar uma de suas apresentações para ouvi-la depois. Preste atenção para captar os momentos ruins. Veja se a linguagem corporal e o tom de voz estavam apropriados, se você deu ênfase nas palavras e lembrou de destacar os pontos mais importantes. Dê a si um feedback e veja o que ainda pode ser melhorado em sua oratória.

6- Tente novamente

Não deixe que uma experiência ruim impeça você de continuar fazendo outros discursos. Quanto mais vezes você se apresentar, melhor fica. Por isso, quando alguém te convidar para discursar novamente, não deixe que o medo te impeça e encare este novo desafio.

Com informações do site Windoox.

falar em público

4 dicas para perder o medo de falar em público

A falta de confiança e o medo de não transmitir um bom discurso assustam a maioria das pessoas na hora de falar em público. E ter uma boa desenvoltura na comunicação, principalmente perante muitas pessoas, é um diferencial importantíssimo no ambiente comercial, mas ainda uma raridade entre os profissionais.

Abaixo listamos 4 dicas para colocar em prática e perder o medo de falar em público:

1- Pratique em frente ao espelho

Estude seu discurso e pratique-o em frente ao espelho. Isso ajudará a identificar quais pontos devem ser melhorados em relação à linguagem corporal, além de prestar atenção na postura e no modo como fala.

2- Apresente o discurso para um amigo

Depois de treinar em frente ao espelho e fazer correções, mostre o discurso para um amigo e peça que ele dê um feedback sobre seu desempenho. Ele poderá mostrar pontos a serem melhorados que você ainda não tenha percebido e dirá se sua mensagem está sendo passada com clareza.

3- Grave sua fala

Ao treinar o discurso, faça uma gravação de sua fala. Ao ouvir, você poderá perceber os pontos que precisam ser desenvolvidos, além da velocidade da fala, dicção e clareza na transmissão da mensagem.

4- Discurse para um estranho

Parece esquisito, mas uma pessoa que você não conheça poderá ajudar a desenvolver bastante seu discurso. Peça para que lhe dê um feedback.  A falta de intimidade entre vocês fará com que ela seja mais sincera e apontará erros que você ainda não havia percebido.

Com informações do site Universia